Brasil ganha as páginas da imprensa de Portugal

O Destino Brasil está em evidência em Portugal e, apenas nos três primeiros meses deste ano, já foi tema de reportagens em sete grandes veículos de imprensa lusitanos. Com direito a capa ou a chamada de capa, todas as matérias contaram com algum apoio do

  
  

O Destino Brasil está em evidência em Portugal e, apenas nos três primeiros meses deste ano, já foi tema de reportagens em sete grandes veículos de imprensa lusitanos. Com direito a capa ou a chamada de capa, todas as matérias contaram com algum apoio do EBT (Escritório Brasileiro de Turismo) da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) em Portugal, com sede em Lisboa.

No ano passado, o Escritório atingiu o equivalente a 1 milhão de euros em mídia espontânea sobre o Brasil nos veículos de comunicação e, em 2005, já chega à cifra de
654 mil euros.

O EBT completou um ano em janeiro, colecionando ações de promoção naquele mercado e parceiros, como a TAP-Air Portugal.

A revista “Blue Travel” estampou o Pantanal na sua capa de fevereiro. Destacou a “biodiversidade e as histórias de vida simples” da região.

Já na edição de março, a publicação retomou o tema Brasil, e deu chamada de capa para uma matéria sobre São Paulo (SP). Foram atrelados à capital paulista os adjetivos “trepidante, fashion, tentacular, vertiginosa e
trendy”.

No dia 12 de fevereiro, pelas cinco páginas do jornal “O Público”, um dos principais diários do país, os portugueses conheceram Brasília (DF), retratada como “a capital mais futurista e paradoxal da América Latina”.

Búzios (RJ) foi pauta da edição de março da revista “Próxima Viagem”. À cidade fluminense coube a classificação de “paraíso celestial”, um lugar que “cheira a vida” e que obriga o visitante a “parar em contemplação”.

Para a executiva responsável pelo EBT, Vera Sanches, a repercussão provocada pelas matérias faz com que o Brasil ganhe evidência no mercado português: “Basta andar pelas ruas para sentir. O Brasil está na moda e no imaginário das pessoas”, conta.

A Bahia apareceu nas páginas de duas revistas e do jornal `Expresso`. A edição de janeiro da revista `Volta ao Mundo` destacou a diversidade cultural de Salvador, enquanto a “Mundo Golfe”, em fevereiro, divulgou o Brasil como destino internacional para a prática do golfe.

Os campos Terravista, entre Arraial D`Ajuda e Trancoso, e o Ilha de Comandatuba foram descritos como “dos melhores da América do Sul”.

Já o `Expresso`, também um dos grandes diários de Portugal, em 15 de janeiro tratou de Porto Seguro, o `sítio onde o Brasil nasceu`. Foi lá que Pedro Álvares Cabral
atracou a sua frota 505 anos atrás.

Mais vôos :

A TAP Air Portugal anunciou recentemente, durante a BTL (Bolsa de Turismo de Lisboa) em janeiro, a quarta freqüência semanal para Natal (RN) a partir de abril.

“Nosso objetivo é que essa rota se torne diária no futuro”, declarou o vice-presidente executivo da companhia, Luiz da Gama Mór, na ocasião. A companhia opera atualmente 38 vôos semanais para o Brasil, abrangendo, além de Natal, Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Fortaleza (CE) e Recife (PE). Também durante a BTL outra companhia aérea portuguesa, a Air Luxor, anunciou uma nova rota para o Brasil: o destino é Salvador, passando por Porto Seguro (BA). Ela utilizará um Airbus A330, com capacidade para 387 passageiros.

Além de ser um grande portão emissor de turistas europeus para o Brasil, o mercado português vem crescendo substancialmente.

Na Europa, atualmente é o segundo país, depois da Alemanha, que mais envia turistas. Foram exatos 228.153 portugueses no País em 2003, contra 168.329 em 2002, um aumento de 35,56%. É um crescimento muito expressivo, levando-se em conta que, até 2002, Portugal
ocupava a quarta posição na Europa e a oitava no ranking geral.

Em 2003, o país pulou para quinta colocação no quadro geral, atrás da Argentina (792.753 turistas), Estados Unidos (670.863), Alemanha (315.532), Uruguai (239.885).

Fonte: Assessoria de Comunicação da Embratur

  
  

Publicado por em