Caparaó: picos e cachoeiras enfeitam o Sudeste brasileiro

Parque Nacional abriga importantes formações como os Picos da Bandeira e do Cristal

  
  

A região de Caparaó, que abrange quatro municípios de Minas Gerais - Alto Caparaó, Manhumirim, Alto Jequitibá e Espera Feliz - e cinco no Espírito Santo - Iúna, Irupi, Ibitirama, Dores do Rio Preto e Divino de São Lourenço - é conhecida por abrigar o Parque Nacional do Caparaó, que entre outras belezas reserva um dos cenários mais deslumbrantes da natureza: o Pico da Bandeira - o terceiro maior do país com 2.892 metros de altitude - e diversas cachoeiras.

Para chegar ao Pico da Bandeira é preciso percorrer trilhas com duração variante de acordo com a disposição do grupo. Lá em cima, as vistas dos Picos do Calçado e do Cristal e da Pedra Menina fazem os visitantes esquecerem qualquer tipo de cansaço. O cume é constituído por rochas e abaixo delas a vegetação é tipicamente rupestre. Ainda, muitos optam por subir durante à noite para ver o espetáculo do amanhecer do alto. As noites de lua cheia do mês de julho são as mais disputadas pelos turistas.

Outras belas paisagens podem ser contempladas nos mirantes como o do Tronqueira, em Minas Gerais, (1.970m) ou da Cachoeira Bonita, uma queda de 80 metros de altura situada exatamente na divisa dos dois estados que compõem o Parque Nacional Caparaó. As cachoeiras do Aurélio, da Farofa e dos Vales Encantado e Verde são as demais opções para os amantes das águas.

A visita pela região não para por aí. Outra forma de desfrutar de toda a riqueza natural de Caparaó é através do trekking, uma atividade de aventura bastante praticada no destino. A Pedra Duas Irmãs, a Gruta do Jacú, além dos Picos do Calçado e do Cristal são outros atrativos locais.

Todos estes destinos são contemplados pelo Programa de Promoção e Comercialização Nacional da ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura), que trabalha para fortalecer o segmento e reforçar o potencial do Brasil para oferta segura e responsável de atividades de Ecoturismo e Turismo de Aventura.

Fonte: AD Comunicação & Marketing

  
  

Publicado por em