Caravana Brasil apresentará destinos turíticos á operadores estrangeiros

A partir do dia 30/5, 67 operadores divididos em oito grupos provenientes da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai estarão girando por oito Estados do País, mobilizados pelo projeto Caravana Brasil. A iniciativa do Ministé

  
  

A partir do dia 30/5, 67 operadores divididos em oito grupos provenientes da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai estarão girando por oito Estados do País, mobilizados pelo projeto Caravana Brasil. A iniciativa do Ministério do Turismo, operacionalizada pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), chega ao quarto ano e agora passa a concentrar as saídas em grupos de profissionais que simultaneamente vão conhecer os produtos, serviços e destinos turísticos nacionais. E se encontrarão em São Paulo (SP) para um grande evento de confraternização, no dia 4 de junho, e uma Rodada de Negócios durante a segunda edição do Salão Brasileiro de Turismo – Roteiros do Brasil, no dia 5.

Já na semana seguinte, na mesma formatação, 216 operadores internacionais de outros 18 mercados - fora da América do Sul - (Alemanha, Bélgica, França, Espanha, Inglaterra, Itália, Portugal, Suécia, Holanda, Polônia, Áustria, República Tcheca, Rússia, Hungria, Grécia, Estados Unidos, México e África do Sul) vão conhecer dez Estados do Brasil, cujas saídas das caravanas acontecerão entre os dias 4 e 6. Vão se encontrar, por sua vez, no Rio de Janeiro (RJ) para a confraternização, no dia 10, e a Rodada de Negócios, no dia 11, durante o evento Destination Brazil Showcase, promovido pela BITO (Brazilian Incoming Tourism Operators).

“Nosso trabalho agora tem um volume muito maior. Com este formato vamos conseguir mostrar bastante da diversidade do País e dar unidade ao projeto. E já no primeiro semestre vamos superar os resultados de todo ano de 2005”, explica a gerente de Apoio à Comercialização da Embratur, Jurema Monteiro.

“E os operadores terão experiências em diversos Estados que poderão ser trocadas entre os participantes nos encontros”, completa a gerente, destacando um dos pontos positivos das caravanas simultâneas.

Os profissionais sul-americanos estarão distribuídos pelo País da seguinte forma (com destaque para algumas atrações dos roteiros entre parênteses):

Argentina – Sergipe (Cânions do Xingó e dunas de Mangue Seco); Bolívia – Santa Catarina (Camboriú e Parque Unipraias); Chile – São Paulo e Rio de Janeiro (Litoral dos Estados, desde Parati até Santos);Colômbia – Paraná e São Paulo (Trem turístico a Morretes e visita ao centro histórico de Santos); Equador – São Paulo e Rio de Janeiro (Litoral dos Estados, desde Parati até Santos);
Paraguai – Alagoas (Passeio de barco às piscinas naturais de Maragogi); Peru – Ceará (Jericoacoara);
Uruguai – Mato Grosso do Sul (Pantanal e Bonito).

Destes grupos, apenas o do Uruguai participará previamente da Rodada de Negócios do Salão do Turismo e apenas posteriormente, no dia 6 de junho, sairá em Caravana. Todos terão o acompanhamento de técnicos da Embratur e da Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária).

Histórico :

O projeto Caravana Brasil teve início em 2003, com foco nos operadores nacionais que vendem o Brasil lá fora. “Foi a melhor forma que encontramos para tomar mais contato com o trade brasileiro e aprendermos a gerenciar o projeto devidamente”, lembra Monteiro. Já em 2004, passaram a ser atendidos os operadores estrangeiros, um por vez, a partir das indicações repassadas pelos EBTs (Escritórios Brasileiros de Turismo) no exterior, cruzando com as informações e diretrizes do Plano Aquarela – Marketing Turístico Internacional e dos parceiros da operação. O formato foi mantido em 2005.

“Neste ano também já tivemos saídas menores, com dois grupos nacionais e dois internacionais. Mas decidimos dar preferência às grandes saídas como forma de facilitar a operação e otimizar os resultados, proporcionando um melhor intercâmbio e uma rodada de negócios de maior porte”, explica a gerente.

Para o segundo semestre desse ano outras duas grandes edições simultâneas do projeto devem ocorrer aproveitando a Feira das Américas, da ABAV (Associação Brasileira das Agências de Viagem), e o Festival de Turismo de Gramado (RS).

Fonte: Embratur

Del Valle Editoria
Contato: vininha@vininha.com

  
  

Publicado por em