Começa a Cúpula Mundial de Ecoturismo

A Cúpula Mundial de Ecoturismo inicia-se no próximo domingo, dia 19, em Quebec no Canadá. Essa reunião, que vem sendo preparada há dois anos, pretende organizar as diretrizes para o desenvolvimento do ecoturismo em todo o planeta. Para isso, reuniões seto

  
  

A Cúpula Mundial de Ecoturismo inicia-se no próximo domingo, dia 19, em Quebec no Canadá. Essa reunião, que vem sendo preparada há dois anos, pretende organizar as diretrizes para o desenvolvimento do ecoturismo em todo o planeta. Para isso, reuniões setoriais vêm ocorrendo em todos os continentes desde março de 2001. No Brasil, a Organização Mundial do Turismo (OMT) organizou uma grande reunião em Cuiabá, no mês de Agosto de 2001. As conclusões dessa reunião serão apresentadas pelo vice-ministro de Esportes e Turismo Sr. Luis Otávio, em um painel que se iniciará segunda-feira, dia 20, às 14h00.

Um evento preliminar chama as atenções antes mesmo da abertura oficial da Cúpula. No domingo, dia 19, a partir das 13h45, a ONG Rainforest Alliance que vem liderando uma coalizão de organizações em todo o mundo para propor as bases de um sistema mundial de certificação para o turismo sustentável, realizará um encontro para discutir o tema: “O credito do Turismo Sustentável: O que sabemos, o que é necessário e porque. Relatório Preliminar do Projeto para o Conselho de Certificação em Turismo Sustentável da Rainforest Alliance” (em inglês: STSC - Sustainable Tourism Stewardship Council).

O encontro ocorrerá no Quebec City Convention Centre. No Brasil, o Grupo de Trabalho em Certificação do Turismo Sustentável vem trabalhando no tema já há um ano e meio e suas conclusões serão apresentadas nesse encontro. A idéia é realizar no Brasil o projeto piloto de certificação que posteriormente será implantado nos demais países.

Logo após, às 17h00, será inaugurada a Cúpula Mundial de Ecoturismo com sessões de abertura e coquetel. Na segunda-feira, acontecerá um conjunto de painéis apresentando as conclusões das reuniões preparatórias nos 5 continentes. Na Terça, dia 21, teremos quatro sessões paralelas, voltadas aos 4 temas da conferência:

Tema A: Políticas e Planejamento para o Ecoturismo
Tema B: Regulação do Ecoturismo
Tema C: Desenvolvimento de produtos e Marketing do Ecoturismo
Tema D: Monitorando custos e benefícios do Ecoturismo

Na quarta, dia 22, pela manhã, enquanto os grupos de trabalho esforçam-se para esboçar as conclusões da conferência, teremos um Fórum Ministerial onde representantes de vários países relatarão experiências, seguido de outras duas reuniões concomitantes. O Fórum sobre Perspectivas dos negócios em Ecoturismo e o Fórum sobre Desenvolvimento de Cooperação em Ecoturismo. No começo da tarde, serão apresentadas as conclusões dos grupos de trabalho, com recomendações e debates e no fim da tarde será apresentada ao plenário da Cúpula a versão preliminar da Declaração da Cidade de Quebec sobre Ecoturismo.

O Brasil apresentará três experiências de porte: o Proecotur - Programa de Ecoturismo do Ministério de Meio Ambiente que vem financiando e apoiando a instalação de infraestrutura para o ecoturismo na Amazônia; o projeto Pólos de Ecoturismo no Brasil, parceria da EMBRATUR com o IEB - Instituto de Ecoturismo do Brasil, que mapeou as localidades com potencial para o desenvolvimento dessa atividade em todo o país e o projeto de estruturação de um Cluster Turístico na Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo. A idéia é estruturar e divulgar o potencial ecoturístico (além do turismo rural e histórico-cultural) do entorno da cidade de São Paulo, maior pólo emissor e receptor de turismo no Brasil.

Para acompanhar melhor o que acontecerá nesse encontro a correspondente Paula Arantes, especialista em ecoturismo, estará enviando para o Ecoviagem boletins com o os acontecimentos de maior importância.

  
  

Publicado por em