Descubra cinco maravilhas em Bonito (MS)

A cidade de Bonito reserva muitos lugares exuberantes em sua rica flora localizada no coração do pantanal sul mato grossense que encanta os olhos dos turistas que por lá passam

  
  
Não há como pensar em visitar Bonito e não lembrar da

A cidade de Bonito (MS) reserva muitos lugares exuberantes em sua rica flora localizada no coração do pantanal sul mato grossense que encanta os olhos dos turistas que por lá passam. Vários desses visitantes ficam perdidos na hora de escolher por onde começar essa visita. Por esse motivo, o portal Viagem Brasil elaborou um guia rápido com cinco lugares incríveis para se visitar quando for a Bonito e região, confira:

CACHOEIRA BOCA DA ONÇA
Que tal começar o seu passeio se refrescando com um belo banho de cachoeira? São 156 metros de altura da maior queda d`água do estado. Para se chegar ao topo da cachoeira "Boca da Onça" sobe-se uma escadaria com de 866 degraus e a trilha pela mata até a chegada à cachoeira, pode levar cerca de 3 horas, na hora da descida existe a opção de voltar fazendo rapel. O passeio localiza-se em Bodoquena, município vizinho a Bonito.

BURACO DAS ARARAS
Uma das mais belas formações naturais da Serra da Bodoquena, o famoso "Buraco das Araras", em Jardim, encanta seus visitantes pelo seu formato, um buraco como uma espécie de funil com 127 metros de profundidade e um lago ao fundo. O nome dado ao local não é à toa. Milhares de araras vivem dentro dessa cavidade que ao fim da tarde oferece um visual único e esplendoroso.

RECANTO ECOLÓGICO RIO DA PRATA
E o passeio começa a ficar muito melhor com a flutuação no Rio da Prata, também localizado em Jardim, onde existe a possibilidade de se encantar com a fauna subaquática da região. Com o equipamento adequado, o turista flutua por cerca de dois quilômetros nas águas cristalinas do rio junto a milhares de peixes coloridos.

ESTÂNCIA MIMOSA ECOTURISMO
Esse trajeto é um dos preferidos dos turistas que visitam a região, em uma trilha muito cativante, o visitante faz um caminho com cerca de três horas de duração passando por oito cachoeiras, se deliciando com vários banhos e muitas opções de descanso e de reflexão. A Estância Mimosa é a melhor opção para quem quer relaxar.

GRUTA DO LAGO AZUL
Não há como pensar em visitar Bonito e não lembrar da "Gruta do Lago Azul", seria como ir a Paris e não visitar a torre Eiffel.
Descoberta por um índio Terena em 1924, a caverna possui em seu interior um lago azul com dimensões que a tornam uma das maiores cavidades inundadas do planeta.

Após uma descida de 100 metros, depara-se com um lago de águas intensamente azuladas, cuja profundidade é de aproximadamente 90 metros. Suas formações geológicas, desperta a atenção dos turistas e pesquisadores do mundo inteiro. Ninguém sabe ao certo de onde vêm suas águas, acredita-se na existência de um rio subterrâneo, que alimenta o lago.

Com todas essas opções para se divertir, descansar, refletir sobre a vida entre outras coisas, não há como não querer vir a Bonito, considerado pela 11ª vez consecutiva, o melhor destino de ecoturismo do Brasil, de acordo com o resultado de uma pesquisa da revista Viagem e Turismo.

Fonte: Viagem Brasil

  
  

Publicado por em