Desembarques em vôos internacionais batem recorde em 2004

Os desembarques em vôos internacionais em 2004 no Brasil chegaram a 6.138.217, valor 11,54% superior ao do ano de 1998, que havia sido o melhor da história da aviação brasileira, quando foram registrados 5.502.966 passageiros(não são necessariamente turis

  
  

Os desembarques em vôos internacionais em 2004 no Brasil chegaram a 6.138.217, valor 11,54% superior ao do ano de 1998, que havia sido o melhor da história da aviação brasileira, quando foram registrados 5.502.966 passageiros(não são necessariamente turistas, já que há brasileiros em retorno ao País).

O ano que passou teve um incremento de 14,19% sobre 2003 no número de pessoas que chegaram ao País via aérea. No período de um mês, o volume de passageiros também é histórico: em dezembro de 2004, foram 580.921 - o recorde anterior havia sido o de novembro passado (562.590).

A Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária) também contabilizou aumento significativo nos vôos charters, outro resultado excepcional para o turismo brasileiro, já que estes fretes transportam exclusivamente turistas estrangeiros.

Foram 327.273 desembarques nos 12 meses, valor 90,11% maior que o registrado em 2003 (172.150 passageiros). O diretor de Estudos e Pesquisas da EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo), José Francisco de Salles Lopes, afirma que os números já comprovam um aumento na oferta de assentos de vôos internacionais para o Brasil.

`Já são mais de 6 milhões de assentos efetivamente ocupados, quando tínhamos de um histórico em torno de 5 milhões`, lembra.

Balança do Turismo :

Na semana passada (20 de janeiro), o Banco Central também divulgou dados extremamente positivos para o turismo brasileiro. Em 2004, as viagens internacionais geraram a entrada de US$ 3,22 bilhões no Brasil, valor 30% maior que o registrado no ano anterior.

O saldo, que é a diferença do que os estrangeiros gastam com viagens no Brasil em relação ao desembolso de brasileiros no exterior, ficou positivo em US$ 351 milhões no ano - 61% maior do que em 2003, quando este valor foi de US$ 218 milhões, já um saldo histórico após anos de déficit. Só no mês de dezembro, registrou-se a entrada de US$ 335 milhões no País com viagens internacionais ao Brasil.

Essas três cifras representam recordes no Brasil, desde que o Banco Central acompanha as contas com viagens internacionais (desde 1947 para registros anuais e 1969 para saldos mês a mês). O gasto de brasileiros no exterior também vem registrando crescimento - foram US$ 2,87 milhões no ano passado contra US$ 2,26 milhões em 2003.

As quantias levantadas pelo BC são relativas a trocas cambiais oficiais e compras com cartões de crédito internacionais. A Embratur está calculando e deve divulgar, em breve, o gasto total dos turistas estrangeiros em 2004, incluindo também valores que não circularam pelas vias oficiais.

Em 2003, os cerca de 4,1 milhões de turistas que entraram no País foram responsáveis pela entrada de aproximadamente U$ 3,4 bilhões, representando uma variação de 8,52% com relação ao ano anterior.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Embratur

  
  

Publicado por em