Dicas para quem quer fazer ecoturismo com toda a família

Viajar com a família toda em si já é uma aventura. Quando as férias combinam emoção e natureza, aí é que a coisa pode ficar realmente divertida

  
  

Viajar com a família toda em si já é uma aventura. Quando as férias combinam emoção e natureza, aí é que a coisa pode ficar realmente divertida. Quem viaja com crianças, sabe: para elas, tudo pode ser uma grande brincadeira. Além de tudo, as atividades ao ar livre podem ser uma excelente ocasião para estreitar os laços familiares. Que tal botar a família toda para remar junta num bote de rafting? Ou descobrir, em grupo, novas paisagens a pé ou de bicicleta? É por tudo isso que o turismo de natureza no Brasil está cada vez mais preparado para receber aventureiros de todas as idades.

Para aqueles que viajam com crianças pequenas, vale lembrar que os maiores de 6 anos já podem descer corredeiras de rafting classificadas até o nível III e praticar atividades como flutuação canionismo, windsurfe (neste caso é imprescindível saber nadar), observação da vida selvagem (elas aprendem se divertindo), escalada e percursos em veículos 4x4 (como passageiro, claro). Os mais novinhos podem ainda experimentar o arvorismo, desde que o circuito seja adaptado à sua altura, minitirolesas, roteiros de bike, visitas a cavernas e caminhadas. Esta última pode ser feita até por bebês, carregados no canguru. Já os maiores estão liberados para atividades como rapel, desde que a descida seja junto com o condutor, e o surfe. A partir dos 10 anos, a garotada já pode fazer o batismo de mergulho - sempre com a autorização dos pais ou dos responsáveis.

Dicas essenciais

Destino
Antes de fazer as reservas ou fechar o pacote, é preciso checar a estrutura do lugar e verificar se as atividades oferecidas são destinadas à faixa etária dos seus filhos.

Hospedagem
É importante que o hotel ou a pousada ofereça estrutura para receber crianças, como parquinho e piscina infantil. Quem tiver filho muito pequeno, precisa informar-se se é possível usar a cozinha para preparar a refeição da criança e se há berço ou caminha no quarto. Aqueles que viajam com filhos de várias faixas etárias devem checar se o lugar oferece oportunidades de diversão para idades diferentes.

Mala
Não se esqueça de colocar alguns brinquedos e passatempos, como jogos, games e DVDs infantis.

Saúde
Os cuidados devem se concentrar na hidratação e nas picadas de insetos, principalmente se a criança for alérgica. Tente descobrir que insetos há no lugar para, se necessário, levar remédios específicos recomendados pelo pediatra.

Melhor época
Quem tem filhos em idade escolar não tem como escapar dos períodos de férias - julho, dezembro e janeiro. A vantagem é que nestes meses muitos destinos estão em seu melhor momento. É o caso do Pantanal em julho, quando é mais fácil avistar os bichos. O inverno também é excelente para fazer trilhas, por causa do tempo seco. Já o verão, quando os rios estão mais volumosos, é perfeito para tomar banhos de cachoeira e praticar atividades na água, com rafting e cachoeirismo.

Fonte: Viagem na Natureza

  
  

Publicado por em