Ecoturismo é uma opção para quem quer fugir da folia do carnaval

Nem todo mundo gosta do carnaval tradicional. Nesta época do ano, muitas pessoas preferem trocar a agitação e a folia do samba, frevo ou dos bailes por momentos de `sossego` na natureza ou por aventuras radicais. Por todo o País, o Sebrae apóia proje

  
  

Nem todo mundo gosta do carnaval tradicional. Nesta época do ano, muitas pessoas preferem trocar a agitação e a folia do samba, frevo ou dos bailes por momentos de `sossego` na natureza ou por aventuras radicais.

Por todo o País, o Sebrae apóia projetos turísticos que oferecem programas para quem quer escapar da bagunça` e aproveitar um carnaval bem diferente.

Uma ótima opção para quem quer fugir do Carnaval é o passeio ecoturístico do município de Bonito, em Mato Grosso do Sul. O lugar surpreende pelas maravilhas
naturais da região. São rios de águas cristalinas, grutas e cachoeiras que atraem turistas de todo o mundo.

`Lugares como as Grutas do Lago Azul e do Mimoso, e o Aquário Natural enchem de tranqüilidade aqueles que procuram paz e proporcionam emoções inesquecíveis para quem está em busca de aventuras`, afirmou Lílian Mariano, gerente da agência de turismo Tamanduá Viagens e Turismo.

Para se ter uma idéia, a Gruta do Mimoso está entre as melhores cavernas do mundo para a prática do mergulho. Variedades de formações minerais que ocorrem em grutas como estalactites, estalagmites e cortinas encantam os mergulhadores.

É possível entrar quase 70 metros no interior da caverna, atingindo-se uma profundidade em torno de 20 metros.

Para descansar a mente

Para quem procura emoção pelos lados de Minas, uma atividade bastante procurada é o arvorismo. O esporte permite ao aventureiro escalar árvores e andar entre as copas por trilhas suspensas, amarradas em bases ou plataformas.

Para subir até as bases são feitas abordagens por escadas de toras de madeira, escadas de cordas, paredes de escalada e rapel. Um dos lugares preferidos dos praticantes é a Fazenda da Mata Nativa, há dez quilômetros de Varginha, Minas Gerais.

De acordo com Ronaldo Resende, proprietário da fazenda, o passeio é ideal para quem quer fugir da cidade, descansar a mente e conhecer riquezas naturais. `As trilhas são imperdíveis, realizadas em um dos maiores resquícios de Mata Atlântica do sul de Minas`, disse Resende.

Paraíso natural

E se a intenção for conhecer um dos lugares mais lindos do planeta, o ideal é seguir para Fernando de Noronha, em Pernambuco. Distante 550 quilômetros de Recife, pouco mais de uma hora de vôo, Noronha é um arquipélago vulcânico isolado no oceano Atlântico, sendo sua ilha principal a parte visível de uma cadeia de montanhas submersas. São 21 ilhas, ilhotas e rochedos, 18 praias, e uma fascinante riqueza marinha.

Além das praias, baías e ecossistemas naturais, o lugar também reserva outras surpresas para os turistas. As pousadas estão transformando o interior de seus espaços com novo design, que buscam a simplicidade como característica principal.

A ação integra o Programa Sebrae de Turismo que, em parceria com o governo do Estado de Pernambuco, está decorando hotéis e pousadas com artefatos inspirados nas referências culturais, históricas e naturais pernambucanas.

As peças são criadas por pessoas que participam dos cursos de capacitação do Sebrae. O programa garante o desenvolvimento dos empreendimentos associado à valorização da cultura local.

A iniciativa, além de gerar mais empregos e contribuir com a movimentação econômica da região, valoriza o ambiente e agrada o turista.

Fonte: Agência Sebrae

  
  

Publicado por em