Embratur celebrou a diversidade cultural do Brasil durante evento em Brasília

A Embratur comemorou na tarde, dia 19/11, seu aniversário de 37 anos com um coquetel brasileiro oferecido a todos os seus servidores. Acompanhado do Ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, e do Secretário Executivo do Ministério, Márcio Favilla, o

  
  

A Embratur comemorou na tarde, dia 19/11, seu aniversário de 37 anos com um coquetel brasileiro oferecido a todos os seus servidores. Acompanhado do Ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, e do Secretário Executivo do Ministério, Márcio Favilla, o presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz, abriu a cerimônia destacando a riqueza da diversidade brasileira:`Arte, moda, história, arquitetura, gastronomia , riquezas naturais e tantas outras coisas.Este país é dono de uma produção cultural incrível e é isto que vocês estão vendo hoje que estamos divulgando para o planeta`.

O mote do reposicionamento da imagem do país lá fora, trabalhado pelo órgão, é essa riqueza cultural.

Durante o coquetel, Sanovicz aproveitou para expor resultados dos primeiros dez meses desta gestão. Números divulgados pela Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária) indicam um aumento de 12,6% no número de desembarques internacionais, entre janeiro e setembro de 2003, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Houve um crescimento de 14,8% em vôos regulares para o Brasil e de 142,9%, em vôos charters.

`Além disso, captamos 11 onze eventos internacionais`, noticiou Sanovicz.

Com a criação do Ministério do Turismo pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Embratur passou a cuidar exclusivamente da promoção, marketing e apoio à comercialização dos produtos turísticos brasileiros no exterior.

`O presidente Lula entendeu a importância do turismo no
cenário internacional e nos deu uma encomenda: o turismo será mola de desenvolvimento social e econômico, gerando emprego, atraindo divisas, distribuindo renda e promovendo inclusão social`, disse Mares Guia.

O ministro ainda lembrou uma das metas do Plano Nacional de Turismo (PNT): alcançar o ingresso de nove milhões de turistas estrangeiros até 2007.

`A nossa diversidade é o que temos de melhor e ela vai ajudar a atrair os visitantes internacionais, que trarão moeda forte para o Brasil`.

Os convidados provaram comidas e bebidas típicas de todas as regiões do país – ao som de música brasileira. Do arroz carreteiro, do sul, passando pelo frango com pequi, do centro-oeste, ao vatapá e siri desfiado, do nordeste. Sucos de graviola, cupuaçu, cajá e até o refrigerante maranhense Guaraná Jesus – de coloração rosa e comercializado exclusivamente no Estado puderam ser experimentados.

Tudo isso em meio a uma decoração feita apenas com flores nativas, como a alcachofra, do sul, a celósia, do sudeste e centro-oeste, e a estrelitza, do centro-oeste e norte.

Na ocasião também foi homenageado o funcionário de maior idade da Embratur, Livio Pizutti, de 68 anos, da área de Recursos Humanos. Pizutti recebeu uma placa das mãos de Sanovicz e Mares Guia.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Embratur

Brasília

  
  

Publicado por em