Espaço Cultural Cristal receberá a exposição fotográfica `Projeto Alcatrazes`

O Espaço Cultural Cristal, instalado na Cristal Pizza, Bar & Grill, recebe, a partir desta segunda-feira, às 20h30, a mostra Projeto Alcatrazes, que traz fotos da fauna e da flora do arquipélago que abriga o maior ninhal de aves marinhas do sudeste brasil

  
  

O Espaço Cultural Cristal, instalado na Cristal Pizza, Bar & Grill, recebe, a partir desta segunda-feira, às 20h30, a mostra Projeto Alcatrazes, que traz fotos da fauna e da flora do arquipélago que abriga o maior ninhal de aves marinhas do sudeste brasileiro, localizado no Litoral Norte de São Paulo.

A exposição, que poderá ser vista gratuitamente até 14 de junho, faz parte do 6o. Mês Internacional da Fotografia, evento que reúne simultaneamente exposições fotográficas em diversos espaços culturais da cidade.Com curadoria dos fotógrafos Maristela Colucci e Roberto Bandeira e organizada por Wilson Langeani Filho,a mostra traz 40 painéis de 70x90 - 30 somente com imagens e dez com fotos acompanhadas de legendas
explicativas sobre o Projeto Alcatrazes.

As imagens da exposição foram clicadas por fotógrafos e pesquisadores que periodicamente visitam o arquipélago desde 1989, como o já falecido professor da Escola de Comunicação e Artes (ECA-USP) A.C. D`ávila, o biólogo Fausto Pires de Campos, e os fotógrafos Maristela Colucci, Roberto Bandeira, Tchô Moioli e Wilson Langeani Filho.

O Projeto Alcatrazes é uma organização não-governamental criada há 14 anos para buscar a criação de um Parque Nacional no local, onde atualmente são realizados treinamentos de tiro da Marinha do Brasil.

`Os disparos de armas de fogo promovidos durante os testes de guerra estão prejudicando a vegetação e os animais que vivem no local`, diz Roberto Bandeira, fotógrafo e presidente da ONG.

Embora esteja distante apenas 45 quilômetros do porto de São Sebastião, Alcatrazes é uma ilha de difícil acesso por causa de sua formação rochosa - o que garantiu a baixa interferência humana no local até a chegada da Marinha brasileira.

A distância do continente propiciou o aparecimento de mais de 20 espécies endêmicas, tanto da fauna quanto da flora. Desta forma, há subespécies de aves como fragatas e atobás, além de borboletas, mariposas, besouros e orquídeas que são encontrados somente no local. A costa ilha também é refúgio para baleias-de-Bryde, golfinhos pintados, 150 espécies de peixes e cinco espécies de tartarugas marinhas.

Desde a criação do Projeto Alcatrazes - uma iniciativa da Sociedade de Defesa do Litoral Brasileiro (SDLB),a ilha recebe visitas de ambientalistas e cientistas de várias instituições, que vêem na área um verdadeiro laboratório natural para estudos evolutivos.

Serviço:

Coquetel de inauguração: segunda-feira, 12 de maio de março, às 20h30

Local: Espaço Cultural Cristal: R. Prof. Arthur Ramos, 551, Jardim Paulistano; telefone (11) 3031.0828 -SP

Período de visitação: de 13 de maio a 14 de junho, de segunda a quinta-feira, das 19h à 1h; sextas-feiras,sábados e domingos, das 19h/ último cliente

Entrada franca

Curadoria: Maristela Colucci e Roberto Bandeira

Organização: Wilson Langeani Filho

Parceria: Cristal Pizza, Bar & Grill, FotoLab Laboratório Digital, 6o. Mês Internacional da Fotografia,Sociedade Defesa do Litoral Brasileiro

Realização: P.A. Promoção

Coordenação: NaFoto

Apoio: Projeto Tamar / Petrobras, Ibama - MMA, Estação Ecológica Tupinambás, Ópera Marketing e W.Teixeira Com. Impressa

Fonte: Boischio Comunicação

  
  

Publicado por em