Viajar para regiões serranas, como Visconde de Mauá, é uma opção de passeio agradável

Atrai casais em busca de paz e tranquilidade, e também famílias e grupos que encontram na região opções de lazer em todas as épocas do ano.

  
  

Visconde de Mauá, conhecida como a “cidade do amor”, imagem traçada pelos hippies que lá encontraram um reduto por volta de 1970, teve o dom de resguardar essa característica, mas também soube se adequar aos novos tempos e novas tendências em hotelaria e turismo, e vem atraindo casais em busca de paz e tranquilidade, e também famílias e grupos que encontram na região opções de lazer em todas as épocas do ano.

Visconde de Mauá dá nome a uma região formada por um complexo de vilas - Mauá, Maromba e Maringá - estabelecidas na serra da Mantiqueira, na divisa entre os estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro, com acesso pela via Dutra, no km 311, a cerca de 300 km de São Paulo e a 200 km do Rio de Janeiro. O lado mineiro fica em Bocaína de Minas Gerais e do lado carioca se divide entre Resende e Itatiaia.

No inverno, as baixas temperaturas convidam o turista a se aconchegar em pousadas exclusivas para um repouso e relaxamento merecido após caminhadas, cavalgadas, escaladas, voos livres e passeios ecológicos pelas trilhas esculpidas nas serras e encostas.

No verão, as cachoeiras ficam exuberantes, enchem o rio Preto, que margeia a região, um convite para os amantes do turismo de aventura – rapel, boia cross, trilhas radicais motorizadas, mergulho em rios e banho de cachoeiras.

A gastronomia é outro atrativo da região, para ser apreciado em todas as épocas do ano. A influência mineira é uma constante nos restaurantes enfileirados nas simpáticas ruelas das vilas, competindo com as cozinhas especializadas em fondue, massas, pizzas e refeições rápidas.

Chefs se esmeram para apresentar as suas especialidades em culinária contemporânea privilegiando produtos locais como o pinhão e truta, acompanhados e aromatizados com ervas e verduras da região, orgânicos. Algumas opções são Cozinha do Visconde (Vila Mauá), Uai Tchê (Vila de Maringá) e Rosmarinus (Estrada Mauá-Maringá km 4)

A hotelaria local dispõe de rede de pousadas de todos os tipos, desde as pequenas com decoração rústica até as mais requintadas comchalé baixa2 ambientes luxuosos e atendimento personalizado, como a pousada Vilarejo Acauã, ideal para casais.

Projetada para os hóspedes que procuram descanso e tranquilidade ao desfrutar o clima e natureza característicos da região, o Vilarejo Acauã dispõe na área de convivência dotada de piscina, sauna seca e a vapor, ofurô,sala de jogos com mesas de sinuca e de ping pong, adega, cinema e videokê, lounge, sala de massagens e academia.

Para garantir o atendimento personalizado e a privacidade,o Vilarejo Acauã disponibiliza oito chalés privativos equipados com cama king size, TV LCD de 32”, DVD, lareira, frigobar, calefação completa, com acolhedor banheiro com piso aquecido e banheira de hidromassagem, com vista panorâmica.

O café da manhã pode ser servido nos charmosos terraços dos chalés, com vista para o rio e os bem cuidados jardins da pousada.

Passeios:

-Vila de Visconde de Mauá: Centro comercial e administrativo, concentra os serviços úteis à população, Centro Cultural, palco de exposições de artistas locais e eventos.

- Vila de Maringá: É a divisa de Rio de Janeiro e Minas Gerais. O lado carioca tem um charme rústico-chique, como lojinhas de artesanato, café e restaurantes. A parte mineira garante um tour gastronômico em renomados restaurantes.

-Vila da Maromba: O point para a moçada animada e fica próximo de cachoeiras conhecidas da região como a Escorrega, Poção, Macacos e Véu de Noiva. A Escorrega, por exemplo, é um tobogã natural, onde, no verão acontece o tradicional campeonato de "surfe na pedra".

- Vale da Santa Clara: É o ponto de partida para duas trilhas espetaculares com cachoeiras. A região possui também criação de trutas com pesque-pague.

- Vale das Cruzes: Abriga o Paredão, perfeito para a prática de rapel, trilha para o Vale do Pavão e é o início do caminho que leva a parte alta do Parque Nacional de Itatiaia.

- Vale do Alcantilado: Ali fica a cachoeira Vale do Alcantilado e o Parque Cachoeiras do Alcantilado, que conta com nove cachoeiras interligadas por uma trilha, com opções de atividades aquáticas e esportes radicais.

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: Camila Tuboi

  
  

Publicado por em