Itália terá novos charters para o Nordeste

A temporada de verão do Nordeste irá receber novos vôos não-regulares partindo direto da Itália. A operadora anunciou essa ação na TTG Incontri, realizada entre 22 e 24 de outubro, em Rimini (Itália). Com público estimado em 20 mil visitantes, sendo 70%

  
  

A temporada de verão do Nordeste irá receber novos vôos não-regulares partindo direto da Itália. A operadora anunciou essa ação na TTG Incontri, realizada entre 22 e 24 de outubro, em Rimini (Itália). Com público estimado em 20 mil visitantes, sendo 70% deles agentes de viagens, o evento é um dos mais importantes do segmento na Itália.

A EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo) esteve presente por meio da gerência de Eventos Promocionais e do Escritório Brasileiro de Turismo (EBT) na Itália, sediado em Milão.

A operadora italiana Travelandia (Aerocar), que em 2004 já comercializou sete vôos charters para o Ceará, preparou para o dia 30/10 uma viagem de reconhecimento em Fortaleza (CE) com 150 agências italianas para promover mais sete vôos charters entre Milão (Itália) e a capital cearense.

A operadora também anunciou uma nova freqüência Milão/ Fortaleza/Natal/Milão, que irá contar com 22 vôos fretados entre 19 de dezembro de 2004 e 15 de maio de 2005.

Já a operadora IGIESSE - Tour Operator, com sede em Roma (Itália) e filial em Milão, anunciou que irá trazer para o Brasil quatro grupos de incentivo no mês de novembro deste ano, totalizando 400 turistas. Eles irão visitar cidades como Rio de Janeiro, Salvador e Foz do Iguaçu.

Entre janeiro e setembro de 2004, os vôos fretados para o País tiveram um aumento de 115,95% sobre o mesmo período de 2003. Os dados divulgados pela Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária) mostraram 236.128 desembarques, mais que o dobro dos 109.343 passageiros no mesmo período do ano passado.

TTG Incontri :

O anúncio desses vôos foram algumas das ações prospectadas na TTG Incontri. Voltada para os profissionais do turismo, a feira é uma vitrine de novos produtos para o mercado italiano.

Para chamar a atenção do público presente, um artista circense brasileiro, utilizando pernas-de-pau, circulou pelos pavilhões da feira, atraindo inclusive a mídia local. Com 96 metros quadrados, o estande da EMBRATUR contou com 12 co-expositores, entre companhias aéreas e órgãos oficiais de turismo.

`Participar do estande organizado pelo Instituto nos dá força e visibilidade. Mostra coerência e profissionalismo ao mercado internacional na hora de negociar o destino Brasil`, afirma o diretor comercial da EMPETUR(Empresa de Turismo de Pernambuco), Antônio Francisco Alves Rosário, que participa há cinco anos do evento e notou aumento na procura pelo País no exterior.

`Para a próxima edição da TTG, estamos negociando uma localização ainda melhor para o estande brasileiro, visto a dimensão e o alto profissionalismo da feira`, afirma a gerente de Eventos Promocionais da EMBRATUR, Maria Katavatis, que representou o Instituto na feira.

Atualmente, a Itália é o sétimo mercado emissor de visitantes estrangeiros para o Brasil, tendo enviado 183.699 turistas em 2002, sendo que 58,7% desses visitaram o País a lazer, segundo o último `Estudo da Demanda` da EMBRATUR.

Os italianos permanecem em média 20 dias no País, tempo muito superior se comparado a de outros visitantes internacionais no Brasil.

`Em 2005, pretendemos duplicar o número de italianos. Para tanto, aproveitamos a feira para contatar vários grandes operadores e notamos muito interesse pelos nossos serviços, produtos e destinos turísticos`, diz o executivo responsável pelo EBT na Itália, Geraldo Peccin, também presente no evento.

Fonte: Assessoria de Comunicação da EMBRATUR

  
  

Publicado por em