Lagoas e cachoeiras encantam os visitantes dos Lençóis Maranhenses e da Chapada das Mesas

Inúmeros oásis e dunas brancas são o cenário nos Lençóis enquanto cachoeiras e formações rochosas enfeitam a Chapada

  
  
Lençóis Maranhenses

Uma beleza natural inacreditável. Essa é a característica mais marcante do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e da Chapada das Mesas, ambos no estado do Maranhão. Bonitos durante o ano inteiro, o ideal é visitar estes locais a partir de julho, época em que as chuvas já cessaram, as lagoas e cachoeiras estão cheias e a natureza fica ainda mais espetacular.

Um deserto no meio do Brasil equatorial, os 155 mil hectares que compõem os Lençóis Maranhenses são formados por paisagens que nunca serão esquecidas. Dunas branquinhas e lagoas de água doce com tons azul e verde são o cenário que espera o visitante. A característica marcante por todo o Parque é resultado da ação das chuvas e não há opção melhor para admirar o local do que uma caminhada entre as dunas. Porém, para conhecer de perto as areias é necessária a presença de guias especializados. Destaque para as lagoas do Peixe, Bonita e Esmeralda, algumas das poucas que, independentemente do desenho feito pelo vento nas areias, seguem no mesmo local.

A cidade de Barreirinhas é a porta de entrada para quem quer aproveitar a vida ao ar livre nos Lençóis. Com várias agências de ecoturismo, as empresas oferecem programas para visitar o deserto que agradam aos mais diversos aventureiros. Caminhadas entre as areias, quadriciclos desafiando as dunas, kitesurfe e flutuação nas águas da região são apenas algumas opções para aproveitar o que a natureza local oferece.

A cultura popular também encanta o turista do município. Com grande influencia indígena, Barreirinhas tem uma importante produção de artesanato. As peças locais se diferenciam principalmente por serem fabricadas com a fibra do buriti, através de um rigoroso processo de beneficiamento. Partindo de Barreirinhas também é possível visitar diversas comunidades ribeirinhas que vivem da subsistência. A cidade apresenta ainda pousadas com boa infra-estrutura turística e restaurantes especializados em frutos do mar.

Água que também é um dos principais atrativos da Chapada das Mesas, situada ao sul da capital São Luiz. Poços de águas azuis claras com colorações esverdeadas, paisagens de tirar o fôlego e muitas cachoeiras no meio do cerrado irão mostrar ao turista do Parque Nacional da Chapada das Mesas as belezas do interior do Maranhão. O céu azulado e as nuvens esparsas ainda completam o cenário perfeito para o gozo das aventuras da vida ao ar livre.

Locais como o Poço Azul e a Ilha dos Botes fazem o visitante querer não voltar mais para casa. Ao chegar de barco na Ilha, o turista encontra a praia rasa com ventos balançando as palmeiras e garças a beira do grandioso Rio Tocantins. O Poço com águas cristalinas e calmas o envolve em um clima de contato com a natureza e tranquilidade, além de propiciar a oportunidade de se refrescar em meio à mata. A região também guarda sítios arqueológicos com pinturas rupestres recentemente descobertas e várias cachoeiras dentro de cavernas.

As formações rochosas ainda propiciam as práticas de atividades como o rapel, escalada e da tirolesa. São diversos programas que podem ser organizados por operadoras de turismo na aconchegante cidade de Carolina, a porta de entrada do Parque Nacional. A cidade ficou mais conhecida quando os carros do Rally Internacional dos Sertões começaram a passar por lá e hoje já oferece uma boa gama de hotéis e infraestrutura para turismo de aventura.

Estes destinos são contemplados pelo portal Viagem na Natureza (www.viagem-natureza.com.br), desenvolvido para oferecer conteúdo de qualidade sobre dezenas de destinos, parques nacionais e atividades de ecoturismo e Turismo de aventura - tudo reunido para ajudar o turista a desfrutar da natureza brasileira da maneira mais segura e divertida possível.

Fonte: AD Comunicação & Marketing

  
  

Publicado por em

CHARLES THIERRY

CHARLES THIERRY

13/02/2012 19:07:21
na verdade quero saber porque a agua que formam as piscinas ficam azuladas ou esverdiadas? existem algas nestas piscinas?

Luciana

Luciana

04/08/2011 09:31:57
Quando der o anuncio dos valores em dólar ou qualquer moeda estrangeira, por favor, traduzir para o valor da nossa moeda.

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Luciana, Para mais infomações, favor entrar em contato com a AD Comunicação & Marketing ([[http://www.adcomunicacao.com.br/). atenciosamente, equipe|]] EcoViagem