Livro escrito por 450 paulistanos promoverá turismo de São Paulo no exterior

Cinqüenta exemplares de `São Paulo, 450 razões para amar` foram entregues ao presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz, pelo presidente da editora M.Books e editor da obra, Milton Mira de Assumpção Filho. Os livros serão distribuídos nos escritórios intern

  
  

Cinqüenta exemplares de `São Paulo, 450 razões para amar` foram entregues ao presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz, pelo presidente da editora M.Books e editor da obra, Milton Mira de Assumpção Filho. Os livros serão distribuídos nos escritórios internacionais de turismo, para promover a cidade de São Paulo.

No Exterior, a Embratur possui escritórios na Alemanha, Reino Unido, Estados Unidos, França, Portugal e Itália, nos quais promove o turismo brasileiro. Milton Assumpção observa ser importante distribuir o livro
nesses escritórios,pois a obra é interessante como ferramenta de divulgação de São Paulo, pois seu conteúdo é constituído pelo depoimento de 450 moradores da cidade, que indicam seus locais e programas prediletos. `É um verdadeiro guia turístico e cultural, escrito por quem vive, conhece e aprecia a cidade`.

Conforme dados oficiais da Embratur, o potencial turístico da cidade de São Paulo é imenso. A atividade vem crescendo muito na cidade: São Paulo ocupa a liderança como porta de entrada de turistas estrangeiros, sendo o destino inicial de 1,6 milhão de estrangeiros, com 34% do total de turistas que vêm do exterior, principalmente da Europa e dos Estados Unidos.

A cidade ocupa o segundo lugar entre as cidades mais visitadas do Brasil, perdendo apenas para o Rio de Janeiro. Além disso, é a campeã do chamado turismo de negócios, com a realização de 45 mil eventos por ano (média de 123 por dia).

Por outro lado, conforme indicam estatísticas da infraero, o Estado de São Paulo também é o principal destino dos turistas internos, alcançando 9,9 milhões de viajantes.

`São Paulo, 450 Razões para Amar` foi editado especialmente para as comemorações do 450º aniversário da cidade. Reúne depoimentos de pessoas desconhecidas, empresários, políticos, religiosos, artistas, educadores, escritores e jornalistas e formadores de opinião. O resultado é uma verdadeira radiografia da cidade, um guia inusitado de sua riquíssima vida cultural, gastronomia, parques, shoppings e recantos aconchegantes, além de ampla reflexão dos paulistanos sobre um dos aspectos mais marcantes da capital: a
diversidade cultural e étnica, equilibrada pela tolerância e convivência harmoniosa com o meio ambiente.

Há muitas e boas razões para gostar da velha metrópole, e isto é reforçado pelos 450 depoimentos dos convidados a falar sobre São Paulo, que responderam concisamente por que gostam da cidade, o que ela tem que outras não têm e qual é o lugar ou programa que recomendam.

No livro, Jô Clemente, presidente da APAE de São Paulo, abre seu coração: `Nasci no Mato Grosso e fui criada no Rio. São Paulo é um fecho na minha vida. Sou Cidadã Paulistana com muito orgulho`.

`Em São Paulo gosto de coisas simples, como andar pelas ruas, entrar numa livraria e tomar um café. Adoro ir aos restaurantes, às bancas, aos cinemas e teatros e sentir um pouco de frio`, declara a atriz Malu Mader.

Olavo Egydio Setúbal diz que `São Paulo é a cidade mais dinâmica do Brasil`. E Jô Soares brinca, dizendo `o que São Paulo tem que outras cidades não têm?Eu!`. Viviane Senna gosta de São Paulo `porque é o maior pólo econômico da América do Sul, onde se pode desenvolver qualquer atividade produtiva com excelência`.

`São Paulo, 450 razões para amar` possui, também, fotos exclusivas dos lugares mais citados. O levantamento revela que ocupam o ranking dos 10 mais: Parque do Ibirapuera, Sala São Paulo, Pinacoteca do Estado, Centro, Theatro Municipal, Masp, Mercado Municipal, Praça Benedito Calixto, bairro da Liberdade e Avenida Paulista.

Fonte: Viveiros Oficina de Comunicação

  
  

Publicado por em