Mata Atlântica é destaque na Adventure Sports Fair 2005

A Mata Atlântica invade a Bienal do Parque Ibirapuera, em São Paulo, de 24 a 28 de agosto. Trata-se da 7ª Adventure Sports Fair - maior feira de esportes e turismo de aventura da América Latina -, que este ano adota o bioma como tema do pavilhão “Turismo

  
  

A Mata Atlântica invade a Bienal do Parque Ibirapuera, em São Paulo, de 24 a 28 de agosto. Trata-se da 7ª Adventure Sports Fair - maior feira de esportes e turismo de aventura da América Latina -, que este ano adota o bioma como tema do pavilhão “Turismo Sustentável e Meio Ambiente”, o qual ocupará o 3º andar inteiro. A iniciativa é uma homenagem aos 18 anos da Fundação SOS Mata Atlântica, maior entidade ambientalista do Brasil.

No estande reservado para a ONG, de 90 metros quadrados, serão apresentados programas de conservação e recuperação do bioma, tais como o “Pólo Ecoturístico do Lagamar” , projeto pioneiro de turismo sustentável idealizado e desenvolvido pela Fundação SOS Mata Atlântica, de 1995 a 1998, e implantado nos municípios paulistas de Iguape, Cananéia, Pariquera-Açú e Ilha Comprida, localizados na região do Vale do Ribeira - e o “Florestas do Futuro” - que realiza o reflorestamento com ênfase em áreas de mata cliliar.

Na abertura do evento, quarta-feira (24/8), haverá uma coletiva de imprensa da qual participará o diretor de mobilização da SOS Mata Atlântica, Mario Mantovani. Ele explicará a importância do bioma ser um dos principais destaques do evento, uma vez que na Mata Atlântica ocorre 90% do turismo brasileiro.

Fórum Interamericano de Turismo Sustentável:

Na sexta-feira (26/8), a SOS Mata Atlântica marcará presença no 2º FITS - Fórum Interamericano de Turismo Sustentável , que será realizado juntamente com a feira, também no terceiro andar. Mantovani fará uma palestra sobre o tema “Turismo Sustentável” e dará detalhes do “Pólo Ecoturítico do Lagamar”, uma união de agentes emissivos (operadoras de turismo) e receptivos (restaurantes, hotéis, profissionais locais etc.), que visa conservar a natureza e garantir a geração de trabalho e renda para as comunidades locais. O programa foi premiado pela revista norte-americana “Conde Nast Traveler” em 1999 como o melhor roteiro ecoturístico do mundo.

`A S.O.S. Mata Atlântica acredita que o turismo pode ser uma boa ferramenta de conservação. Há casos exemplares, como este do Vale do Ribeira, mas no Brasil ainda são poucos`, explica o diretor de mobilização.
SOS Mata Atlântica

Considerada hoje a maior entidade ambientalista do Brasil, com mais de 100 mil sócios, a Fundação SOS Mata Atlântica nasceu em setembro de 1986, no mesmo ano em que o mundo assistiu chocado à tragédia de Chernobyl, pior acidente nuclear da história.

No Brasil pós-ditadura militar, buscava-se reverter o processo de destruição do patrimônio natural. A ONG, apoiada voluntariamente pela DPZ Propaganda, mexeu no principal símbolo nacional e levou a cabo a campanha “Estão Tirando o Verde da Nossa Terra”, diminuindo um trecho do verde da bandeira para simbolizar o desmatamento galopante.

O grupo de fundadores da ONG era formado por ambientalistas, cientistas, empresários e jornalistas. Desde então, o objetivo principal da entidade é defender os remanescentes da Mata Atlântica e valorizar a identidade física e cultural das comunidades existentes no bioma, buscando seu desenvolvimento sustentável. A Fundação é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos e sem envolvimentos político-partidários e religiosos.

A Mata Atlântica se estende por regiões de 17 estados (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Sergipe, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí) e é neste bioma, um dos mais ameaçados do planeta, que vivem cerca de 110 milhões de brasileiros.

SERVIÇO:

Adventure Sports Fair

  • Data: 24 de agosto (só para o trade).

Horário: quarta-feira, das 14h às 22h.

  • Data: de 25 a 28 de agosto (aberto ao público).

Horário: quinta à sexta, das 14h às 22h / sábado e domingo, das 10h às 22h.

Local: Pavilhão da Bienal do Ibirapuera.

Av. Pedro Alvarez Cabral, s/n, portão 3.

Fonte: Voice Comunicação Institucional & Empresarial

  
  

Publicado por em