Mergulhadores retomam trabalho de campo na Lagoa Misteriosa, Jardim / MS

Depois da realização da expedição à Lagoa Misteriosa, mergulhadores reiniciaram seu trabalho no atrativo, que é considerado um dos pontos de mergulho mais tradicionais do país.

  
  

Depois da realização da expedição à Lagoa Misteriosa, localizada em Jardim (MS), em agosto de 2008, atendendo a uma exigência do CECAV - Centro Nacional de Estudo, Proteção e Manejo de Cavernas - órgão do IBAMA, para realizar a topografia da lagoa, mergulhadores reiniciaram seu trabalho no atrativo, que é considerado um dos pontos de mergulho mais tradicionais do país.

Expedição 2009 na Lagoa Misteriosa

O mergulhador profissional e supervisor do mapeamento, Tuta Barroco, especialista em mergulho em cavernas desde 1995, juntamente com o mergulhador e instrutor de mergulho Alex Porto, realizou a troca de parte do cabo de navegação e a instalação do “cabo de novatos” e de bóias de sustentação destinadas a mergulhadores autônomos credenciados em águas abertas que não possuem certificação para mergulho em cavernas.

Tuta explicou que os chamados “cabos de novatos” são cabos de 10 mm de espessura que permitem que o mergulhador se puxe por eles; já os cabos de navegação têm 3,5 mm de espessura e não permitem o contato para progressão, servindo apenas como apoio visual ou para uma saída em “toque contato”. O mergulhador esclareceu que, “neste caso, o mergulhador de cavernas segue tocando o cabo sem puxá-lo, caso falhem a lanterna ou a máscara, ou ocorra turvamento da água”.

Preservação ambiental

Durante a instalação dos cabos, Tuta e Alex observaram que, nesta época de chuvas, em que normalmente a proliferação de algas atingia entre 25 e 30 metros de profundidade, agora atinge a faixa dos 15 metros. Isso comprova a eficiência do trabalho de recuperação da vegetação do entorno, promovido pelo atual proprietário Eduardo Coelho (empresário do ramo turístico da região de Bonito, dono também dos passeios Recanto Ecológico Rio da Prata e Estância Mimosa Ecoturismo), que vem ampliando a área de proteção da lagoa, impedindo o carregamento de sedimentos das margens e melhorando sobremaneira a qualidade da água.

O atrativo

Expedição 2008 na Lagoa Misteriosa

A Lagoa Misteriosa é conhecida por sua água de incrível transparência, e a meta é que ela permaneça com seus mais de 50 metros de visibilidade por dez meses ao ano. O mapeamento da lagoa foi feito até uma profundidade de 70 metros, mas o mergulhador de caverna Gilberto Menezes já atingiu a profundidade máxima de 220 metros, sendo que até hoje ninguém chegou ao fundo.

Para Tuta, o maior diferencial da lagoa em relação a outros atrativos é a visibilidade da água. Além disso, o fato de ser uma caverna vertical permite que os mergulhadores avancem em profundidades maiores. Em espaços de mergulho aberto, como em mares, por exemplo, a visibilidade nem sempre é satisfatória.

A previsão de abertura para passeios na Lagoa Misteriosa é para o segundo semestre deste ano.

Assessoria de Imprensa
Recanto Ecológico Rio da Prata
Estância Mimosa Ecoturismo
Lagoa Misteriosa

  
  

Publicado por em