Ministério lança diretrizes para a visitação em Unidades de Conservação

Os praticantes de canionismo, aqueles que seguem o percurso traçado por um curso d`água no interior de um cânion, não devem pisar no fundo do leito do rio ou nas plantas localizadas nas margens. Essa é uma das recomendações que constam entre as diretrizes

  
  

Os praticantes de canionismo, aqueles que seguem o percurso traçado por um curso d`água no interior de um cânion, não devem pisar no fundo do leito do rio ou nas plantas localizadas nas margens. Essa é uma das recomendações que constam entre as diretrizes para a Visitação em Unidades de Conservação, lançadas recentemente pela diretoria do Programa Nacional de Áreas Protegidas.

O objetivo das diretrizes é permitir o turismo nessas áreas de maneira compatível com um dos principais objetivos do Snuc - Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza: a preservação da biodiversidade.

O governo entende que a atividade, cuja demanda vem crescendo a cada ano, pode gerar recursos para a conservação da natureza nas unidades de conservação (UCs) e ainda potencializar o uso sustentável dos serviços vinculados aos ecossistemas.

As regras estão descritas numa publicação que o Ministério do Meio Ambiente disponibilizou no seu site.

As diretrizes também são importantes para orientar ações de planejamento, gestão e implementação das UCs. Elas contém normas gerais e específicas, como as que tratam da participação das comunidades locais e populações tradicionais na gestão das visitas às unidades.

O documento descreve diretrizes para a segurança durante a visitação, para a prestação de serviços e para atividades realizadas por portadores de necessidades especiais.

Além das regras para o canionismo, existem normas para caminhada, mergulho, canoagem, rafting, vôo livre, cachoeirismo, montanhismo, escalada, ciclismo, para visita a cavernas, para a observação a partir de embarcações, para o uso de animais de montaria e para acampamento.

Ainda fazem parte do documento, recomendações gerais para os visitantes e para instituições prestadoras de serviço dentro das UCs.

Fonte: MMA

Del Valle Editoria
Contato: vininha@vininha.com

  
  

Publicado por em