Monte Verde ganha o Parque Ecológico Verner Grinberg

As pedras de Monte Verde, um dos principais atrativos turísticos do vilarejo, sub distrito da cidade mineira de Camanducaia, foram transformadas em um parque ecológico: Parque Verner Grinberg. O decreto foi assinado no

  
  

As pedras de Monte Verde, um dos principais atrativos turísticos do vilarejo, sub distrito da cidade mineira de Camanducaia, foram transformadas em um parque ecológico: Parque Verner Grinberg.

O decreto foi assinado no último dia 15 de setembro, pelo prefeito de Camanducaia, Célio de Faria Santos, e prevê, além da criação do parque, o início do processo de tombamento de toda a região.

`O Parque Verner Grinberg foi criado para manter a visitação pública, mas sem descuidar da preservação ambiental. Monte Verde é um paraíso ecológico, e uma boa maneira de se integrar a esse paraíso é fazer uma caminhada em um destes pontos turísticos, agora protegidos oficialmente`, afirma Gustavo Arrais, secretário de turismo de Monte Verde.

Fazem parte do novo parque ecológico as pedras: Redonda (1990 metros de altitude), Partida (2050 metros de altitude), Platô (1900 metros de altitude), Chapéu do Bispo (2030 metros de altitude) e Pico do Selado (2083 metros de altitude).

O nome do Parque é uma homenagem ao fundador de Monte Verde, Verner Grinberg, que chegou da Letônia em meados de 1916, durante a Primeira Guerra Mundial. Em 1938, em busca de um lugar de clima e paisagens semelhantes à Europa, Verner adquiriu terras na região de Camanducaia e iniciou a formação de uma fazenda, depois loteada e transformada no vilarejo Monte Verde.

Encravada na Serra da Mantiqueira, Monte Verde é rica em opções de turismo. As caminhadas para as pedras são, no entanto, os passeios mais procurados por turistas, sejam praticantes habituais de montanhismo, sejam crianças, jovens e adultos apenas deslumbrados com a possibilidade de chegar ao `topo do mundo`.

Algumas trilhas, como as que levam à Pedra Redonda, são lineares, o percurso de ida e volta é o mesmo, e podem ser desbravadas com tranqüilidade por toda a família.

Outras, como as que levam à Pedra Partida ou ao Platô e Pico do Selado, são mais longas e recomenda-se que sejam feitas com guias especializados ou instrutores da própria região.

A partir de agora essas pedras compõem o Parque Verner Grinberg. `A visitação, no entanto, continua aberta ao público que também continuará não pagando absolutamente nada para fazer um dos percursos pela natureza mais bonitos do Brasil.

Com a criação do Parque, apenas mantemos viva nossa luta pela preservação ecológica e pelo turismo organizado e responsável`, diz o Secretário de Turismo.

Fonte: AHPMV - Associação dos Hotéis e Pousadas de Monte Verde

Monte Verde

  
  

Publicado por em