O litoral norte de São Paulo é uma região com inúmeras atrações de ecoturismo

Oferece oportunidade para adquirir conhecimentos de aspectos ambientais, históricos e culturais, através de uma caminhada em trilhas

  
  

O ecoturismo é um dos segmentos de turismo que mais cresce no mundo e é de extrema importância para a conservação da natureza e a conscientização do meio ambiente. Porém, normalmente, quem pensa em ir para o litoral norte de São Paulo, imagina logo uma praia paradisíaca no auge do verão.

Contudo, o que poucos sabem ou conhecem é que, a região com rica Mata Atlântica, tem inúmeras atrações de ecoturismo, boas para qualquer estação do ano.

Por isso, a Port Louis, na praia da Tabatinga, anuncia novas atrações e atividades neste ramo do turismo ecológico. Para Cláudio Gomes de Carvalho, formado em Educação Física, com licenciatura plena e Coordenador de Lazer e Recreação e Guia Florestal da "Consciência Verde e Turismo Receptivo", e que trabalha em parceria com a pousada, a região de Tabatinga é ideal para o ecoturismo.

“Estamos em um local considerado como a maior porção preservada de mata atlântica do planeta. Possui áreas com presença física da história do desenvolvimento da região, do Estado e do País, como é o caso das ruínas da Fazenda de escravos, Roda D’água da antiga fazenda Jetuba, e trilhas históricas como o antigo acesso do Alto da Serra à Caraguatatuba – Trilha dos Tupinambás – que está inserida dentro do Parque Estadual da Serra do Mar” afirma.

O Trekking, por exemplo, é uma ótima oportunidade de adquirir conhecimentos de aspectos ambientais, históricos e culturais, através de uma caminhada em trilhas de servidão, e trilhas de uso público do Parque Estadual da Serra do Mar e suas unidades de conservação.

Existem ainda outras atividades mais radicais e esportivas como a Ginkana de Aventura, que estimula a prática de exercícios físicos em ambientes naturais com um gostinho de competição, e o Esporte Aventura, uma parceria com outros operadores para a realização de mergulho, voo livre, atividades verticais e muito mais.

Segundo Carvalho, os turistas que se hospedam na Port Louis adoram fazer a trilha das praias desertas, que oferece uma vista belíssima, onde poderão contemplar o cenário da floresta e mar.

Para quem pretende se aventurar no ecoturismo e curtir a paisagem, o guia e coordenador aconselha o uso de calças Tactel (com opção de virar uma bermuda), camisa em tecido de misto e transpirável, tênis confortável e antiderrapante, protetor solar, repelente, garrafa de água e uso de boné. Além é claro, de bom humor, disposição e espírito de aventura.

Segundo a EMBRATUR (1994), o ecoturismo também promove o bem-estar dos envolvidos. “Quimicamente, o corpo responde às atividades esportivas produzindo no cérebro a ENDORFINA, que auxilia na manutenção do corpo e da mente. Sendo assim, o bem-estar gerado na atividade proporciona inúmeros benefícios a quem o pratica.”, conta Cláudio.

O passeio desestressa, é relaxante e faz bem à saúde, sendo que a pessoa não precisa ter um corpo atlético para praticar as atividades.

“Nossa visão é proporcionar aos clientes de forma recreativa o seu relacionamento íntimo com o meio ambiente, associando a prática de atividades físicas e qualidade de vida em um único produto chamado lazer”, completa.

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: Alessandra Soares

  
  

Publicado por em