Plano de Manejo de Visitação Turística das Grutas do Lago Azul ganha prêmio ecológico

O projeto Plano de Manejo e Avaliação de Impacto Ambiental de Visitação Turística das Grutas do Lago Azul foi o grande vencedor do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2002, o mais importante reconhecimento pelos serviços de conservação do patrimônio esp

  
  

O projeto Plano de Manejo e Avaliação de Impacto Ambiental de Visitação Turística das Grutas do Lago Azul foi o grande vencedor do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2002, o mais importante reconhecimento pelos serviços de conservação do patrimônio espeleológico brasileiro.

O prêmio é concedido pelo Ibama - Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, em parceria com a UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e Iphan - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, governo do Estado e prefeitura de Bonito.

A Gruta Azul de Bonito foi o primeiro projeto a ser implantado em grutas brasileiras com metodologia desenvolvida pelo Cecav - Centro Nacional de Estudo, Proteção e Manejo de Cavernas.

O turismo em cavernas é uma opção de desenvolvimento sustentável que atrai muitas comunidades, mas a regulamentação desse turismo ainda tem muitas arestas a serem aparadas entre espeleólogos, agentes de viagens e os turistas (aventureiros, dispostos a fazer rapel, mergulho ou escaladas radicais, religiosos que realizam cerimônias dentro das cavernas e turistas tradicionais, que muitas vezes deixam um rastro de lixo e depredações ao longo dos caminhos que percorrem.

Fonte: Agência Brasil

  
  

Publicado por em