Plano Nacional de Turismo prevê gerar 1,2 milhão de empregos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou no dia 29 de abril, em Brasília, o Plano Nacional do Turismo, com diretrizes e metas ousadas para alavancar o setor e criar 1,2 milhão de empregos ao final de quatro anos. Entre as metas está a de trazer nove

  
  

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou no dia 29 de abril, em Brasília, o Plano Nacional do Turismo, com diretrizes e metas ousadas para alavancar o setor e criar
1,2 milhão de empregos ao final de quatro anos. Entre as metas está a de trazer nove milhões de visitantes estrangeiros até 2006.

Enquanto o documento não fica pronto, o presidente destacou o ministro do Turismo, Walfrido Mares Guia, para rodar o País e conversar com representantes do segmento, coletando sugestões.

Ontem,o ministro participou do fórum nacional dos secretários de turismo, realizado em Natal.`Naturalmente,o ministro recebeu o apoio de todos os representantes dos estados. E disse também que espera contar com a
participação dos empresários de diversos setores da indústria turística`, comentou o secretário executivo de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Pernambuco, Fernando Jordão.

O secretário informou ainda que o Governo do Estado está fazendo o levantamento das experiências adotadas para elevar o fluxo de turistas, como o Circuito do Frio.

O material será enviado ao Ministério, que também tem a proposta de ampliar as linhas de financiamento para o setor, com programas do BNDES.

Além de captar mais turistas estrangeiros, o Governo federal também quer estimular o turismo doméstico, que pode acabar beneficiado com o desenrolar do conflito no Iraque.

Pretende ainda discutir as diretrizes junto às organizações não governamentais (ONGs) e qualificar e diversificar o produto turístico, capacitando a força trabalhadora.

Fonte: Embratur

  
  

Publicado por em