Portugal lança roteiro de Observação de Aves

O país apresenta também uma das maiores diversidades de aves da Europa com cerca de 360 espécies de ocorrência regular em mais de 93 áreas.

  
  
Nos arquipélagos dos Açores e da Madeira existem importantes colônias de aves marinhas / Divulgação

Portugal lançou recentemente um guia para Observação de Aves no país. Neste roteiro há 36 locais de interesse para a atividade, indicações de boas práticas e sete sugestões de itinerários.

Segundo o Turismo de Portugal, este roteiro, disponível em português e inglês, permite reforçar a divulgação do potencial que Portugal possui no segmento do Turismo de Natureza.

Situado na região do Mediterrâneo, Portugal tem paisagem muito variada, com montanhas e planícies, vales e lezírias, extensas florestas, costas rochosas e praias a perder de vista, além de lagoas costeiras.

Com uma tão grande variedade de habitats, o país apresenta também uma das maiores diversidades de aves da Europa com cerca de 360 espécies de ocorrência regular em mais de 93 áreas.

No continente há cerca de 70 espécies como o Flamingo, Britango, Águia-perdigueira, Peneireiro-cinzento, Perdiz-do-mar, entre outros. Já a orla costeira é palco da migração de milhares de aves marinhas e costeiras (gansos-patola, maçaricos, pilritos, etc), aves de rapina (águias e tartaranhões) e pequenos pássaros (andorinhas, petinhas, tordos e rouxinóis) que cruzam o território duas vezes por ano, entre os locais de reprodução na Europa e o inverno na África.

Nos arquipélagos dos Açores e da Madeira existem importantes colônias de aves marinhas, como a Cagarra, a Alma-negra e o Garajau-rosado. Nas ilhas existem ainda espécies endêmicas, como a Freira (Madeira), o Pombo da Madeira, a Estrelinha da Madeira ou o Priolo (Açores). Salienta-se ainda a importância dos Açores como local de ocorrência de espécies de aves ocasionais vindas do continente americano.

A observação de aves em Portugal é ainda facilitada pela dimensão relativamente pequena do território, pela qualidade da rede rodoviária, pelo clima ameno e pelo elevado nível de segurança pública.

Enquadrada no Turismo de Natureza, produto turístico estratégico, a observação de aves pode (e deve!) ser complementada com outras opções imperdíveis das regiões portuguesas como a boa gastronomia, os excelentes vinhos e o rico patrimônio cultural.

O guia é uma realização do Turismo de Portugal com o apoio técnico da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) e com o apoio institucional do Instituto da Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB).

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: Marina Miranda

  
  

Publicado por em