Profissionais do turismo compartilham conhecimento na Lacime

Além da participação institucional na terceira edição da LACIME (Latin America and Caribbean Incentive & Meetings Exhibition), uma das mais importantes feiras de turismo de Eventos, Negócios e Incentivo da América Latina e Caribe, a Embratur (Instituto Br

  
  

Além da participação institucional na terceira edição da LACIME (Latin America and Caribbean Incentive & Meetings Exhibition), uma das mais importantes feiras de turismo de Eventos, Negócios e Incentivo da América Latina e Caribe, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) esteve presente em diversos debates dentro da programação oficial e paralela do evento, ocorrida entre 20/6 a 22/6, no Transamerica Expo Center, em São Paulo (SP).

Dentro do ciclo de conferências organizado pela própria feira, a diretora de Turismo de Negócios e Eventos da Embratur, Jeanine Pires, participou do painel `A experiência do Brasil na Captação e Promoção dos Jogos Panamericanos Rio 2007`, comentando o processo de apoio à captação dado pelo Instituto ao evento.

Destacou a importância das parcerias público-privadas e entre os diversos níveis governamentais para o êxito da candidatura brasileira, além do legado de infra-estrutura, know-how, social e econômico que os jogos trarão ao País.

Já o `Brasil C&VB 2006 - 1º Congresso Brasileiro de Convention & Visitors Bureaux`, evento da FBC&VB (Federação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux) que aconteceu simultanemente à LACIME, também no Transamérica Expo Center, contou com participação de diversos profissionais da Embratur.

No dia 21/6, a gerente de Turismo de Eventos, Flávia Malkine, falou sobre a política de apoio à captação e à promoção de eventos internacionais desenvolvida pelo Instituto. `O trabalho de cooperação é essencial para o sucesso de uma captação`, disse.

Em seguida, foi a vez da gerente de Apoio à Comercialização, Jurema Monteiro, falar sobre a Caravana Brasil, projeto da Embratur que traz operadores de turismo estrangeiros para conhecer in loco a infra-estrutura turística de destinos nacionais. Apresentou a experiência, ocorrida em junho, de operar 33 expedições simultâneas de grupos da América do Sul, América do Norte, Europa e África do Sul. `Foram 203 operadores em 17 Estados. Ao final participaram de um grande um encontro comercial`, explicou.

O vice-presidente de Novos Negócios da FBC&VB e presidente do Salvador da Bahia Convention Bureau, Fernando Ferrero, destacou a importância do evento.

`Houve uma boa troca de experiências. Isso tudo contribui para que a gente cresça muito e não cometa erros. Também serviu para esclarecermos uma série de procedimentos`, disse.

O presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz, foi o responsável pela palestra `Perspectivas de uma aliança estratégica`, última do congresso.

`O que aconteceu aqui nos últimos dias virou a página do livro da nossa história`, disse Sanovicz, que já foi diretor Executivo do São Paulo C&VB e tem sua carreira ligada à área de Turismo de Negócios e Eventos.

Destacou a importância da autonomia e da credibilidade junto ao mercado para o sucesso dessas entidades. `Os CVBx têm de ser organizações independentes, em que a sociedade acredita, trabalhando pela promoção e desenvolvimento de seus destinos`.

Esta primeira edição do congresso contou com apoio do Ministério do Turismo, por meio da Embratur, além de TAM e Varig. Reuniu 58 CVBx (de um universo de 68 associados), presentes num total de 208 pessoas. O encontro deverá ocorrer anualmente, em São Paulo, em paralelo à LACIME.

Fonte: Embratur

Del Valle Editoria
Contato: vininha@vininha.com

  
  

Publicado por em