Projeto Turismo Litoral Leste incentivará o turismo no Pontal de Maceió

Sol, praia e belezas naturais. São inúmeros os atrativos que aguardam o turista que chega em Pontal de Maceió, litoral do município de Fortim, distante 130 km de Fortaleza, CE. Lá, os visitantes podem manter contato direto com a natureza, através das

  
  

Sol, praia e belezas naturais. São inúmeros os atrativos que aguardam o turista que chega em Pontal de Maceió, litoral do município de Fortim, distante 130 km de Fortaleza, CE.

Lá, os visitantes podem manter contato direto com a natureza, através das formações de cavernas e recifes do local. Esse paraíso do litoral cearense está recebendo agora uma ação de consultoria, numa iniciativa da prefeitura municipal de Fortim e do Sebrae no Ceará.

O objetivo é identificar as deficiências na infra-estrutura dos serviços turísticos na praia do Pontal de Maceió. O trabalho começou no início do mês passado, onde uma missão técnica possibilitou que 17 pessoas, que trabalham nas 10 barracas de praia, fossem conhecer as ações desenvolvidas em Canoa Quebrada.

`A idéia de levar esse grupo à Canoa Quebrada foi ótima. Já no percurso, os empreendedores tiveram a oportunidade de se conhecerem melhor, criando uma interação maior. Em Canoa, eles conheceram as barracas Chega Mais, Bom Motivo e Encanto de Canoa, onde puderam constatar a qualidade dos serviços e, principalmente, a infra-estrutura dos locais visitados`, acrescenta Carlos Paulino, técnico do Sebrae em Aracati.

O trabalho desenvolvido no Pontal de Maceió faz parte do Projeto Turismo Litoral Leste e integra a Gestão Estratégica Orientada para Resultados (Geor), metodologia adotada pelo Sebrae e parceiros para avaliar e monitorar resultados de projetos.

A ação que o Sebrae no Ceará está realizando no litoral de Fortim conta com a ajuda de um grupo de nutricionistas da empresa Apoio Técnico Consultoria em Serviço de Alimentação, que vem trabalhando com os donos de barracas e realizando um verdadeiro diagnóstico de cada empreendimento.

`Nós já conhecemos a estrutura e infra-estrutura de cada local e identificamos como os donos de barracas trabalham com o público externo e seus hábitos na cozinha`, diz a consultora Ana Mac-Dowell.

No início da próxima semana, o grupo de nutricionista estará voltando a visitar as barracas e apresentarão os primeiros resultados deste trabalho, apontando o que é preciso mudar para melhorar o atendimento. A consultoria envolve ainda a realização de cursos de manipulação de alimentos.

Fonte : Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em