Recentes ações do escritório da Embratur em Paris colocam o Brasil em destaque

O Escritório Brasileiro de Turismo (EBT) de Paris (França) amplia a atuação e, antes mesmo de sua inauguração oficial, no dia 4 de novembro, já desenvolve diversas ações de promoção do Brasil na França. Nas últimas semanas, o EBT esteve na feira O Couro

  
  

O Escritório Brasileiro de Turismo (EBT) de Paris (França) amplia a atuação e, antes mesmo de sua inauguração oficial, no dia 4 de novembro, já desenvolve diversas ações de promoção do Brasil na França. Nas últimas semanas, o EBT esteve na feira O Couro em Paris, trouxe operadores especializados nos produtos Pesca Esportiva e Mergulho para conhecer destinos brasileiros e participou da Semana de Minas Gerais na capital francesa, que teve como destaque o lançamento da Estrada Real.

A executiva responsável pelo escritório, Flávia Malkine, está lá desde o começo do ano estabelecendo contatos e articulando promoções. O resultado do trabalho aparece em vários eventos e já alguns negócios começam a ser acertados entre operadoras francesas e destinos brasileiros.

O EBT marcou presença no evento O Couro em Paris, entre os dias 13 e 15 de setembro, que reuniu cerca de 9 mil profissionais do setor de couro do mundo. Essa iniciativa foi resultado de parceria entre ministério do Turismo, EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo) e CICB(Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil), ligado à Apex (Agência de Promoção de Exportações do Brasil).

O EBT foi convidado a fazer a união entre o produto e o local de onde ele é proveniente pela área de produção associada ao turismo do ministério.

`A idéia foi aproximar o couro do destino turístico de onde ele vem. Na prática, trouxemos pôsteres do Pantanal para associar ao couro de jacaré exposto aqui`, explicou Flávia.

`As pessoas perguntavam sobre o destino e muitas pediam até para levar os cartazes consigo, mostrando a importância que o turismo pode ter em feiras como esta`, avalia Creusa Batista, coordenadora do CICB. Essa participação integra a nova estratégia de promover o destino Brasil em feiras de setores em que o país tem destaque, como o de jóias e o de alimentos.

Entre os profissionais brasileiros, estava a artista plástica pernambucana Naiade Lins, que agrega o moderno ao rústico em suas obras. Ela aderiu ao conceito da EMBRATUR de vender o Brasil pela qualidade de sua produção cultural. Inclusive, já doou ao EBT três peças de madeira e metal.

`Senti que tinha gente nossa por perto. O EBT é uma espécie de embaixada informal`, disse Naiade.

Caravanas :

Cerca de 10 profissionais do turismo francês visitaram o Brasil por meio do EBT, que ficou responsável pela seleção de operadores participantes de duas viagens da Caravana Brasil, projeto da EMBRATUR que leva operadores de turismo estrangeiros para conhecer in loco a infra-estrutura turística de destinos nacionais.

Dois deles, especializados em Pesca Esportiva, visitaram Vitória (ES), Ilha Mexiana (PA) e Manaus (AM), entre os dias 14 e 22 de agosto, numa viagem que ainda reuniu profissionais dos mercados espanhol, italiano, português e alemão.

`É indispensável conhecer um destino para comercializá-lo de maneira eficaz. Graças a esta viagem, poderei vender Brasil a qualquer cliente da próxima estação`, disse Pascale Leblanc, da agência Selectour Vent Debout.

Entre 06 e 15 de setembro, foi a vez de sete operadores de mergulho conhecerem algumas localidades para esta prática no Brasil: Fernando de Noronha (PE), Angra e Búzios (RJ).

Segundo o presidente da Brasil Travel Pro, Ulla Enayet, `foi uma surpresa agradável a acolhida brasileira`. Para ele, o mergulho, junto à música, pode garantir ainda mais a venda do Brasil na França. Já Michel Di Mascio, responsável pelo Service Groupe Aqualub, disse que `a venda de Fernando de Noronha é garantida`.

Minas na França :

A Semana de Minas Gerais em Paris foi realizada entre os dias 06 e 09 de setembro, pela embaixada do Brasil em Paris, em conjunto com a FIEMG (Federação das Indústrias
do Estado de Minas Gerais) e o governo de Minas Gerais.

O evento contou com a presença do governador Aécio Neves. Entre produtos industriais como madeira e couro, o turismo brasileiro também esteve representado com o lançamento da Estrada Real, em parceria com o EBT, no dia 09 de setembro. Trata-se de um roteiro que inclui 177 municípios brasileiros em Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo – sendo 162 deles mineiros.

Em uma `estrada` que resgata a história da região onde o ouro foi descoberto pelos portugueses no final do século XVII, são oferecidas diversas possibilidades de trajetos e de produtos turísticos, como Cidades Patrimônio, Ecoturismo, Aventura e Festas & Eventos.

`Isso casa com o nosso conceito de apresentar o Brasil por segmentos e produtos. A Estrada Real praticamente só não oferece Sol & Mar`, disse Flávia Malkine, ressaltando que o mercado francês consome bastante Ecoturismo e Cidades Patrimônio. No dia ainda houve um almoço para degustação da gastronomia mineira. A tradicional escola de culinária `Cordon Bleu` marcou presença.

Segundo o diretor geral do Instituto Estrada Real, Eberhard Hans Aichinger, `a Semana de Minas Gerais em Paris foi a maior missão de empresários mineiros no exterior. Entre 190 participantes, 140 eram empresários.O evento abriu as portas para Minas e para o Brasil`.

Ele informou ainda que já recebeu visitas de profissionais de agências de viagens francesas e que o estado é tema de duas vitrines na galeria Lafayette, loja de departamentos do país.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Embratur

  
  

Publicado por em