Roteiro integrado já apresenta bons resultados aos empresários

O Delta do Parnaíba fica no norte do Estado do Piauí e é famoso por ser o único de mar aberto das Américas; além desse, há apenas o de Mekong na Ásia e o Nilo na África. Distante apenas 150 quilômetros, ficam outras grandes atrações da região, os Lençóis

  
  

O Delta do Parnaíba fica no norte do Estado do Piauí e é famoso por ser o único de mar aberto das Américas; além desse, há apenas o de Mekong na Ásia e o Nilo na África. Distante apenas 150 quilômetros, ficam outras grandes atrações da região, os Lençóis Maranhenses e a praia de Jericoacara no Ceará.

Esse roteiro integrado foi apresentado pela primeira vez no Rio de Janeiro, dentro do 33° Encontro dos Agentes de Viagem - Abav 2005, a maior feira das Américas que aconteceu entre 26 e 30 de outubro.

A iniciativa pioneira de oferecer um pacote de atrações, envolvendo os três estados, para os visitantes e ampliar os negócios com turismo partiu do Sebrae.

O projeto batizado de Cepima, sigla dos estados (CE, PI e MA), começou no segundo semestre de 2004, e já foram gastos R$ 1,5 milhão nesta ação integrada que envolve cerca de 600 micro e pequenos empreendimentos da cadeia do turismo.

`Eu acho que nós estávamos esquecidos, considerados como passagem e não como destino`, diz Ana Moraes, diretora-geral de uma empresa em Parnaíba, PI, que administra uma agência de viagem, um restaurante e desde o ano passado oferece hospedagem em um antigo hotel da década de 40, completamente restaurado.

Para ela, o programa do Sebrae já deu resultados concretos. `Nosso movimento aumentou 15% e o nosso contado com as agências de turismo melhorou muito porque nós nos vendemos como um todo, e isso facilita muito as vendas e a atração de turistas. É o único setor de desenvolvimento da região que está funcionando`, diz ela.

Sérgio Alcântara, diretor-técnico do Sebrae no Ceará, diz que a idéia é mostrar ao visitante o quanto ele está próximo de paisagens e culturas completamente diferentes.

`Com um pacote de apenas seis dias dá para visitar as principais atrações, passando do litoral para florestas e rios e encontrar traços distintos na gastronomia ou artesanato, por exemplo`.

Ele diz ainda que além da qualificação profissional, que envolve do atendimento à higiene dos locais, está sendo desenvolvido um trabalho também para estimular o turista a se aventurar pelo interior dos estados, e como essas estradas não contam ainda com qualquer tipo de informação, o Sebrae vai fazer toda a sinalização do roteiro integrado.

O empresário e presidente da Associação Brasileira de Empresas de Turismo de Aventura, Felipe Aragão Júnior, ainda está na expectativa.

`Como o projeto é muito recente ainda não afetou o meu negócio, mas acredito que vai fazer muito diferença o fato de o Sebrae estar à frente desta proposta de mudança. Quando há uma melhoria de serviço e qualificação de pessoal, aumenta a percepção de qualidade do turista e não existe melhor propaganda do que o boca a boca`, diz ele.

Fonte: Sebrae

  
  

Publicado por em