São Paulo lança roteiros e começa a se organizar como pólo receptor de turistas

São nove temas e 31 roteiros que serão comercializados por 13 operadoras de turismo através das agências de viagens, principalmente do Brasil e da América do Sul. “São Paulo já é um dos principais destinos brasileiro, mas nossa imagem está ligada fortemen

  
  

São nove temas e 31 roteiros que serão comercializados por 13 operadoras de turismo através das agências de viagens, principalmente do Brasil e da América do Sul. “São Paulo já é um dos principais destinos brasileiro, mas nossa imagem está ligada fortemente ao turismo de negócios.

O objetivo é mostrar , e vender , a capital paulista como um destino que vai muito além do trabalho”, explica Caio Luiz de Carvalho, presidente da São Paulo Turismo – SP Turis (antiga Anhembi Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo).

“São Paulo começa a se organizar, efetivamente, como pólo receptor de turistas. Sugerimos temas às agências de viagens, que criaram 31 produtos para serem vendidos a turistas do Brasil e do Exterior, pela primeira vez e de forma organizada”, continua o presidente da São Paulo Turismo, que contou no projeto com apoio da Fecomércio, do São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPC&VB), das agências de receptivo, entre outros.

São Paulo é o principal portão de entrada do País, sediando os dois aeroportos mais movimentados do Brasil – Congonhas e Guarulhos. Quando se fala em turismo doméstico, a cidade tem 8,78 milhões de desembarques ao ano em seus aeroportos, segundo a Infraero, contra 4,2 milhões de passageiros que desembarcam vindos de cidades brasileiras nos aeroportos do Rio de Janeiro – o segundo lugar.

Já quando o tema é turismo internacional, São Paulo é o segundo destino do País, tendo recebido, em 2003, quase dois milhões de turistas estrangeiros (exatamente 1.991.281 de visitantes), número 18% superior a 2002. Segundo o SPC&VB, foram cerca de 7,5 milhões de visitantes na cidade de São Paulo no ano passado, entre turistas nacionais e internacionais.

Os turistas que visitam São Paulo vêm, principalmente, dos Estados Unidos, Argentina, Alemanha, França, Itália e Portugal (internacionais) e do Interior de São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro, Recife e Porto Alegre (nacionais).

“O Brasil recebe apenas 1,5 milhão de turistas procedentes da América do Sul”, afirma Caio Luiz de Carvalho que lembra que, segundo a Organização Mundial do Turismo (OMT), as viagens de agora em diante serão, cada vez mais, de curta distância.

“Por isso precisamos investir para conquistar o turista sul-americano”, ressalta o presidente da SP Turis.

“São Paulo é turismo urbano. A cultura e a vanguarda são o nosso sol e praia”, explica. E foi daí que nasceram os nove roteiros temáticos.

“Afinal, São Paulo é uma cidade como nenhuma outra no Brasil. É a capital do conhecimento, maior metrópole da América Latina e o centro cultural e da vanguarda brasileira. Mas isso precisa ser conhecido e descoberto efetivamente por brasileiros, estrangeiros e até pelos próprios paulistanos”, diz Carvalho.

Ele conta ainda que, durante o Salão do Turismo, estará finalizando a criação de roteiros especificamente para Rio e São Paulo, que unam as duas cidades em um único pacote a ser comercializado no Brasil e no Exterior. E também roteiros especiais para que cariocas visitem São Paulo e paulistanos visitem o Rio.

Os temas que estarão sendo trabalhados pelo agentes de viagens são:

-São Paulo Glamour

-São Paulo Bem-Estar

-São Paulo Romance

-São Paulo Família

-São Paulo Verde

-São Paulo Arte

-São Paulo dos Paulistanos

-São Paulo e de Todas as Faces

-São Paulo e suas Religiões

Fonte: Anhembi

  
  

Publicado por em