Seminário Descubra o Brasil foi levado para Ilha da Madeira em Portugal

Buscando ampliar os canais de venda do Destino Brasil em Portugal, o EBT (Escritório Brasileiro de Turismo) da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) naquele país realizou, na última sexta-feira, dia 24, um seminário de vendas Descubra Brasil em Funch

  
  

Buscando ampliar os canais de venda do Destino Brasil em Portugal, o EBT (Escritório Brasileiro de Turismo) da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) naquele país realizou, na última sexta-feira, dia 24, um seminário de vendas Descubra Brasil em Funchal, capital da Ilha da Madeira.

Essa foi a primeira vez que houve uma ação promocional brasileira na região, cuja população, de alto poder aquisitivo , tem o hábito de viajar ao exterior. Desconhecido do trade turístico madeirense, praticamente não há oferta de Brasil nas agências de viagem da ilha.

Cerca de 30 profissionais, entre operadores de turismo e agentes de viagens, compareceram ao encontro, além da imprensa local.

De olho no potencial do mercado, a operadora portuguesa Terra Brasil inicia, a partir de 12 de julho, um charter semanal Funchal, Natal com capacidade para 240 passageiros.

O vôo terá duração de 5h15 e vai operar em caráter experimental por três meses. A empresa foi parceira do EBT no seminário.

`Creio que estamos descobrindo um novo nicho. As operadoras daqui estão achando que o vôo vai pegar, não só pela pouca distância, mas também pela vantagem cambial`, comenta Vera Sanches, executiva responsável pelo EBT, que tem sede em Lisboa.

`Com o seminário conseguimos alcançar gente nova, que nunca tinha ouvido falar da Embratur nem sabia que tínhamos um Escritório de promoção do Brasil aqui`, completa.

O principal destino dos madeirenses nas férias são as praias da Espanha. Natal, assim, passa a ser uma grande novidade. Alguns dos maiores investidores em hotelaria no Brasil são da Ilha da Madeira, como o grupo Pestana de Hotéis e Dorisol.

Ultrapassando as fronteiras apenas da capital, a estratégia da Embratur é fazer com que a oferta de Brasil chegue a novos `portões de saída` e, portanto, aumente as possibilidades de novos turistas.

Além de ser um grande emissor de turistas europeus para o Brasil, o mercado português vem crescendo substancialmente. Na Europa, atualmente é a nação, depois da Alemanha, que mais envia turistas.

Foram exatos 228.153 portugueses no Brasil em 2003, contra 168.329 em 2002, um aumento de 35,56%. Até 2002, Portugal ocupava a quarta posição na Europa e a oitava no ranking geral.

Em 2003, pulou para quinta colocação no quadro geral, atrás da Argentina (792.753 turistas), Estados Unidos (670.863), Alemanha (315.532) e Uruguai (239.885).

Mato Grosso do Sul faz evento de promoção no EBT
Na última segunda-feira, dia 27, o EBT Portugal recebeu um evento de promoção turística do Mato Grosso do Sul. Compareceram operadores de turismo, agentes de viagens e imprensa.

A comitiva do Estado foi formada pelo governador Zeca do PT, pela presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Nilde Brun, entre outras autoridades e operadores de turismo locais.

A divulgação foi focada em Bonito e no Pantanal. O governador ainda ressaltou que o agronegócio, bastante importante para o Estado, em muito se deve à implantação de hotéis de turismo em regiões onde apenas existiam fazendas produtivas.

Hoje, essas fazendas são atrações turísticas. Antes do evento, houve ainda um encontro com empresários portugueses. Na pauta, a exportação de carne e de outros produtos locais.

O governador agradeceu ao Ministério do Turismo, que, por meio da Embratur, colocou o escritório de Portugal também a serviço dos Estados brasileiros, possibilitando a divulgação e a relação de negócios entre os dois países.

Em parceria com a Federação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux, hoje os EBTs estão presentes, além de Portugal, no Reino Unido (Londres), França (Paris), Itália (Milão), Alemanha (Frankfurt) e Estados Unidos (Nova York). Há ainda um escritório voltado para a América do Sul, sediado em Brasília (DF) e outro dedicado à promoção conjunta dos países do Mercosul no Japão (Tóquio), em parceria com a JICA (sigla em inglês para Agência de Cooperação Internacional do Japão).

Fonte: Embratur

  
  

Publicado por em