Seminário na Argentina reuniu quase 200 profissionais interessados no Brasil

Na última quinta-feira, dia 29, um seminário na embaixada brasileira em Buenos Aires (Argentina) reuniu mais de 190 profissionais argentinos de turismo para a apresentação do seminário Cidades Patrimônio do Brasil e as Belezas do Estado do Rio de Janeiro

  
  

Na última quinta-feira, dia 29, um seminário na embaixada brasileira em Buenos Aires (Argentina) reuniu mais de 190 profissionais argentinos de turismo para a apresentação do seminário Cidades Patrimônio do Brasil e as Belezas do Estado do Rio de Janeiro.

Operadores, agentes de viagens e outros representantes do setor puderam ter informações técnicas dos destinos e produtos brasileiros para aumentar sua oferta aos turistas argentinos.

Apresentar o Brasil por segmentos faz parte da estratégia da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) para gerar diversificação de ofertas de pacotes turísticos, dando várias opções aos visitantes estrangeiros além de destinos de sol e praia.

Marcos Niemeyer, da Segmentação de Produtos da Embratur, abriu o seminário com uma apresentação geral do Brasil.

Para as explicações técnicas, foram convidados a coordenadora do setor de cultura da UNESCO no Brasil, Jurema Machado, o diretor do Instituto Estrada Real, Eberhard Hans e o presidente da TurisRio, Sérgio Ricardo de Almeida, que falaram de cidades patrimônio, sobre o roteiro da Estrada Real e o estado do Rio de Janeiro.

Também estiveram presentes no encontro João Carlos Vasconcellos, executivo do Escritório Brasileiro de Turismo (EBT) para a América Latina e Leila Jinkings, também do EBT, e o secretário-adjunto de Turismo de Minas Gerais, Roberto Fagundes.

Para Julia Chervatin, vice-presidente da operadora argentina Consult House, que esteve no evento,nada melhor do que aprofundar-se no produto: `Sempre é mais forte vender destino que se conhece`.

Ela prepara-se para participar da Caravana Brasil que acontece especialmente para o mercado argentino, levando-os para conhecer a Estrada Real, caminho que foi aberto pelo ciclo do ouro no Brasil.

De ontem até domingo, doze operadores daquele país vão conhecer o potencial turístico de Belo Horizonte, Ouro Preto, Mariana, Tiradentes, Congonhas e São João Del Rey (MG).

`A estratégia do seminário me pareceu muito acertada e ficou demonstrado que existe uma clara demanda por este tipo de informação por parte dos operadores`, comentou Jurema Machado.

`Vários participantes se entusiasmaram com o seminário e mostraram-se interessados em diversificar a oferta ao público argentino, agregando valor ao produto tradicional de sol e praia por meio da incorporação da história e da cultura nos pacotes turísticos`, informou Benoni Belli, chefe do setor de promoção comercial e turismo da embaixada.

Outro seminário já aconteceu em maio na Argentina, sobre o Mato Grosso do Sul e o Ceará, com a presença de 140 profissionais do turismo. Dois outros já estão agendados: Brasil, Resorts, Ecoturismo e praias da Bahia, em 19 de agosto, e Golfe, Pesca Esportiva e praias de Santa Catarina, que acontece em 30 de setembro.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Embratur

  
  

Publicado por em