Transporte compartilhado é opção econômica para visitar os atrativos turísticos de Bonito

Existem diversas opções de transportes que levam aos atrativos turísticos como: serviço de transporte exclusivo ou privativo, como é conhecido no setor de turismo, além de táxi, moto-táxi, aluguel de moto ou ir com carro particular

  
  
Transporte Compartilhado permite mais economia no bolso do viajante

Quem chega ao destino de ecoturismo brasileiro - Bonito MS - sabe que existem diversas opções de passeios como: flutuações, banhos de cachoeiras, grutas, balneários, boia cross, rapel, entre outras atividades. Porém a maioria deles localiza-se em propriedades rurais particulares, distante do centro da cidade.

Para realizá-los existem diversas opções de transportes que levam aos atrativos turísticos como: serviço de transporte exclusivo ou privativo, como é conhecido no setor de turismo, além de táxi, moto-táxi, aluguel de moto ou ir com carro particular. Porém para quem gosta de praticidade e preço reduzido pode optar pelo o transporte compartilhado que vem se destacando entre os visitantes.

O transporte compartilhado é ideal para turistas que viajam em pequenos grupos ou sozinho. Em Bonito são oferecidos por duas empresas, a EK Turismo e a Transbonito, que possuem um roteiro com horários e dias pré-estabelecidos. As vans passam pelos hotéis e a cada dia da semana oferecem uma programação diferente que leva os visitantes aos principais passeios de ecoturismo oferecidos no município sempre acompanhados por um guia de turismo especializado.

Para Elias Francisco de Oliveira, proprietário da EK Turismo as vantagens em contratar o transporte compartilhado na região, além de garantir um melhor preço, contribui também com o meio ambiente. "Pelo fator de custo (combustível e manutenção) e causador de impactos ambientais, o setor de transporte sugere alternativas para a diminuição desses fatores. Ao optar pelo transporte compartilhado o visitante estará dividindo um veículo com mais passageiros e estará contribuindo em diminuir os efeitos negativos que o setor de transporte possa causar no meio ambiente".

Já Hallem Jaser, responsável pela Transbonito, reforça que "o transporte compartilhado disponibiliza um serviço a baixo custo e com qualidade de um serviço privativo, assim o turista que chega a Bonito de carro ou sem, tem a opção de visitar os atrativos com economia".

Fonte: Bonito Brazil

  
  

Publicado por em