Trilhas de ecoturismo no Parque Estadual da Ilhabela -SP terão o uso regularizado

Numa parceria inédita em defesa da Mata Atlântica, a ONG sócio-ambiental ilhabela.org e a Natura uniram-se à Prefeitura Municipal de Ilhabela e ao Instituto Florestal para ordenar o uso de trilhas de ecoturismo no Parque Estadual de Ilhabela. Na prime

  
  

Numa parceria inédita em defesa da Mata Atlântica, a ONG sócio-ambiental ilhabela.org e a Natura uniram-se à Prefeitura Municipal de Ilhabela e ao Instituto Florestal para ordenar o uso de trilhas de ecoturismo no Parque Estadual de Ilhabela.

Na primeira etapa foram realizadas regularização do traçado, implantação de sinalização, monitoria e manutenção nas trilhas do Pico do Baepi e Cachoeiras da Pancada D´Água.

As trilhas foram inauguradas no dia 21 de dezembro, às 9h. A solenidade aconteceu no início da trilha do Baepi, próximo à sede do Parque Estadual de Ilhabela.

O principal objetivo do trabalho é evitar que o uso desordenado dessas trilhas, que vêm recebendo afluxo cada vez maior de visitantes, cause danos ainda maiores à frágil biodiversidade desse Parque Estadual, encravado numa das maiores ilhas oceânicas brasileiras.

Ainda que neste momento o Parque não tenha condições materiais e humanas de restringir o número de visitantes às trilhas, a regularização de seu traçado vai evitar que a ação combinada do pisoteio dos turistas e da ação das chuvas provoque erosão nas encostas das montanhas.

Ao longo da próxima temporada de verão, a ONG ilhabela.org fará a manutenção e monitoramento do uso das trilhas. Todas as informações coletadas, bem como dados detalhados sobre o desenvolvimento e implantação do projeto, poderão ser encontrados na Internet.

Ao final do verão, todos esses dados servirão de base para uma segunda etapa do projeto, que prevê o efetivo controle de acesso às trilhas pelo Instituto Florestal de São Paulo, previsto na legislação.

Para tanto ilhabela.org pretende realizar os estudos técnicos necessários, buscar apoios entre entidades ambientalistas de todo o Estado, além de levantar novos patrocínios.

A regulamentação do trabalho dos guias de ecoturismo no Parque, prevista tanto nos regulamentos do Instituto Florestal quanto numa lei municipal ilhabelense, é outro objetivo da ONG para implantar definitivamente, de forma profissional e sustentável, o trade ecoturístico em Ilhabela.

Fonte: Ilhabela.Org

  
  

Publicado por em

Eu

Eu

30/10/2008 14:10:28
bom e interesante