Turistas estrangeiros têm gasto recorde no Brasil

Segundo o Banco Central, volume de desembolsos chegou a US$ 296 milhões em janeiro; Infraero registra aumento de 16,1% nos desembarques de vôos internacionais em 2003. Em nota à imprensa divulgada no dia 19 de fevereiro, o Banco Central informou que

  
  

Segundo o Banco Central, volume de desembolsos chegou a US$ 296 milhões em janeiro; Infraero registra aumento de 16,1% nos desembarques de vôos internacionais em 2003.

Em nota à imprensa divulgada no dia 19 de fevereiro, o Banco Central informou que os turistas estrangeiros
gastaram US$ 296 milhões no Brasil em janeiro, um recorde histórico desde que o órgão iniciou esta pesquisa, em 1969. Em 2003, o gasto contabilizado pelo BC no mesmo período foi de US$ 194 milhões, e US$ 2,479 bilhões no ano inteiro.

Estas quantias são relativas a viagens internacionais apuradas segundo trocas cambiais oficiais feitas no Brasil e gastos em cartões de crédito internacionais. O saldo entre quanto gastou-se aqui e quanto os turistas brasileiros desembolsaram no exterior em janeiro foi de US$ 100 milhões de superávit para o Brasil.

Já a Infraero (Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária) revela que, no ano de 2003, houve um aumento de 16,1% no volume de desembarques em vôos internacionais. Entretanto, não se pode afirmar que todos eles sejam todos de turistas estrangeiros.

`Estes dois dados são um reflexo das nossas ações no exterior para promover o destino Brasil e trazer mais turistas ao país`, comemora Eduardo Sanovicz, presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo). Outros números já divulgados pela Embratur também apontam aumento no número de turistas estrangeiros que entram no território nacional.

Os estados do Nordeste têm recebido, neste verão, um recorde de 42 vôos charters semanais, mais que o dobro do ano passado. A TAP Air Portugal anunciou recentemente que terá, a partir de julho, três novos vôos ligando Lisboa a Natal. Só a companhia portuguesa oferecerá 38 vôos por semana para o Brasil.

A cidade de Foz do Iguaçú, no Paraná, recebeu em janeiro o maior número de visitantes desde 1994, contabilizando 115.915 pessoas, 42% a mais que no mesmo mês no ano passado. O aumento de fluxo à região sul do Brasil também se deu no mês de dezembro, quando foi
registrado um crescimento de 151,2% no número de visitantes vindos da Argentina que entraram no Brasil por via terrestre, em relação a 2002.

Foram 31,5 mil turistas cruzando a ponte internacional, segundo a Gendarmería Nacional da Argentina, órgão responsável pelo controle da imigração aduaneira em Paso de los Libres, que faz fronteira com Uruguaiana (RS).
A Diretoria de Estudos e Pesquisas da Embratur estima um crescimento de 25% na entrada total de argentinos no país em 2003.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Embratur

  
  

Publicado por em