Um passeio pelos jardins botânicos brasileiros

Preparamos um guia com os principais Jardins Botânicos espalhados pelo País. Localizados em centros urbanos, esses espaços têm como principal objetivo a conservação e exposição de diferentes espécies de fauna e flora

  
  
O Jardim Botânico do Rio de Janeiro é o mais antigo do Brasil, criado em 1808, por D. João VI

Preparamos um guia com os principais Jardins Botânicos espalhados pelo País. Localizados em centros urbanos, esses espaços têm como principal objetivo a conservação e exposição de diferentes espécies de fauna e flora, além de exercer papel de pontos turísticos em muitas capitais brasileiras. Aproveite o feriado para visitar e conhecer um pouco mais sobre meio ambiente.

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro é o mais antigo do país, foi criado em 1808, por D. João VI, para receber as mudas de espécies que vinham da Europa. No local é possível encontrar mais de 8000 tipos de plantas e flores do Brasil e de outras partes do mundo. O parque promove estudos de vegetais das diversas regiões do país, numa área total de 137 alqueires.

Com 360 mil metros quadrados de áreas verdes, o Jardim Botânico de São Paulo é um dos pontos turísticos da capital paulista. O local serve como abrigo para animais selvagens como macacos, bichos-preguiça, que vivem soltos na área, além de possuir coleções de plantas exóticas e nativas dentro da reserva de Mata Atlântica.

Inaugurado em 1991, o Jardim Botânico de Curitiba possui uma estufa de vidro com 450 metros quadrados, inspirada no Palácio de Cristal de Londres que abriga uma enorme variedade de plantas e flores. Seu nome oficial homenageia a urbanista Francisca Maria Garfunkel Rischbieter. Com uma área de 178 mil metros quadrados, dos quais 40% são ocupados por florestas remanescentes de vegetação regional, o local possui ainda lagos, trilhas e um grande jardim.

Jardim Botânico de São Paulo

Fundado em 1985, o Jardim Botânico de Brasília Tem como objetivo conservar a flora do cerrado e conscientizar a população sobre a importância da flora e da fauna. Composto por trilhas, laboratório, herbário, um jardim de cheiros e um mirante, além de também uma escola de educação ambiental e viveiros de orquídeas.

Um dos mais belos pontos turísticos de Belém, o Jardim Botânico da Amazônia Bosque Rodrigues Alves foi fundado pelo Barão de Marajó e possui um pedaço da Floresta Amazônica no centro urbano da capital paraense. Com uma extensão de 150 mil metros quadrados, possui um viveiro de pássaros e abriga diversos animais em extinção, além de um orquidário, aquário e um lago que proporciona passeios em canoas.

Endereços:
Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008;
Horário de Funcionamento: Diariamente, 8h às 17h;

Jardim Botânico de São Paulo
Endereço: Avenida Miguel Stéfano, 3031 - Água Funda;
Horário de Funcionamento: Quarta a domingo, 9h às 17h;

Jardim Botânico de Curitiba
Endereço: Rua Engenheiro Ostoja Roguski, s/n;
Horário de Funcionamento: Diariamente, 6h às 20h;

Jardim Botânico de Brasília
Endereço: Setor de mansões Dom Bosco Conjunto 12;
Horário de Funcionamento: Terça a domingo, 9h às 17h;

Jardim Botânico de Belém
Endereço: Avenida Almirante Barroso, 2453 - Marco;
Horário de Funcionamento: Terça a domingo, 8h às 17h;

Fonte: Blog do MTur

  
  

Publicado por em