Embratur, CGVB e Prefeitura do Guarujá formalizam ações para vôos charter

Em reunião realizada no último domingo (04/02) entre o diretor de eventos internacionais da Embratur, Marcelo Pedroso, o presidente do Guarujá Convention & Visitors Bureau, Ricardo A. Roman Júnior, e o secretário de

  
  

Em reunião realizada no último domingo (04/02) entre o diretor de eventos internacionais da Embratur, Marcelo Pedroso, o presidente do Guarujá Convention & Visitors Bureau, Ricardo A. Roman Júnior, e o secretário de Turismo do Guarujá, Valter Batista, foram acertadas diversas medidas práticas e de grande importância para o desenvolvimento turístico da cidade, a principal delas é o recebimento de vôos charter no aeroporto da cidade ainda este ano.

As negociações para a liberação da base aérea para uso comercial foram abertas oficialmente, uma antiga reivindicação do trade turístico do Guarujá. Ficou decidido que serão somados esforços para que os primeiros vôos fretados, com foco no mercado doméstico e internacional, ocorram até o final de 2007. O aeroporto está pronto para receber os aviões A319, Boeing 737 e Fokker 100.

“Estamos trabalhando para que antes do início do próximo verão, o nosso aeroporto já esteja recebendo vôos fretados, o que facilitará e muito o acesso à cidade, principalmente de turistas estrangeiros e de outros estados”, disse Ricardo A. Roman Júnior, presidente do GCVB.

No mercado doméstico, serão priorizados o Triângulo Mineiro, o Centro-Oeste e o Distrito Federal. Já para o mercado internacional, o foco será na América do Sul, com ênfase na Argentina, Chile e Uruguai.

“Muitas operadoras já estão interessadas em oferecer pacotes para o Guarujá, que é a cidade do litoral paulista com o maior número de leitos cinco estrelas, com a opção do transporte aéreo”, revelou Roman.

Eventos :

Outra ação que ficou acertada na reunião é que a Embratur apoiará o GCVB na promoção e captação de eventos para o Guarujá. Para ter o apoio da Embratur na captação para a cidade os eventos deverão seguir alguns preceitos: ser internacional, estar no mínimo na sua terceira edição e contar com pelo menos 500 participantes, sendo 20% estrangeiros.

Fonte: Guarujá Convention & Visitors Bureau

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

  
  

Publicado por em

Monique

Monique

30/08/2008 12:07:51
Gostaria de saber se a embratur tem parceria com algum tipo de passeio com barcos lancha ou escunas.
Trabalho no Guarujá com turismo e varios clientes me perguntão se nos temos parceria com a Embratur.
Gostaria de ter esta resposta para saber se tem este tipo de parceria com passeio de Escuna.
Obrigada...