Embratur é premiada no 11º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal

Com o caso “Gestão dos Escritórios Brasileiros de Turismo no Exterior”, o Ministério do Turismo, por meio da EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo), garantiu o quarto lugar no "11º Concurso Inovaç&atil

  
  

Com o caso “Gestão dos Escritórios Brasileiros de Turismo no Exterior”, o Ministério do Turismo, por meio da EMBRATUR (Instituto Brasileiro de Turismo), garantiu o quarto lugar no "11º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal”, promovido pela ENAP (Escola Nacional de Administração Pública), em parceria com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O resultado foi divulgado na quinta-feira (22/3), durante o lançamento da 12ª edição do concurso.

A cerimônia de premiação acontece hoje, quarta (28/3), em Brasília (DF), no Palácio do Planalto, com presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na ocasião, serão premiados os dez casos melhor colocados no concurso.

"Entre tantas experiências que trazem resultados importantes para a sociedade brasileira, é uma satisfação para a EMBRATUR estar no TOP 5 deste concurso, especialmente porque é a primeira vez que participamos", avaliou Jeanine Pires, presidente do Instituto, lembrando que 70 órgãos públicos foram inscritos.

Atrás apenas dos casos da Eletronorte (Centrais Elétricas do Norte do Brasil), do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a experiência da EMBRATUR se destacou pelo aprimoramento realizado no modelo de gestão de seus nove EBTs (Escritórios Brasileiros de Turismo) no exterior.

Com a mudança, o formato utilizado desde a criação dos escritórios, em 2004, ganhou em flexibilidade e no aperfeiçoamento de ferramentas tecnológicas, proporcionando otimização dos recursos públicos e maior monitoramento dos resultados.

O concurso da ENAP tem o objetivo de estimular, por meio do incentivo, reconhecimento e divulgação das experiências premiadas, a implementação de iniciativas inovadoras de gestão em organizações federais, capazes de responder e gerar resultados para a sociedade brasileira.

Estratégia dos EBTs :

A EMBRATUR, unidade do Ministério do Turismo responsável pela promoção turística do Brasil no mercado internacional, conta com o programa de EBTs desde o início de 2004. Unidades avançadas de promoção, marketing e apoio à comercialização dos destinos, produtos e serviços brasileiros no exterior, eles estão presentes em nove mercados: Portugal, Espanha, França, Itália, Reino Unido, Alemanha, Estados Unidos, Japão (em parceria com a JICA - Agência de Cooperação Internacional do Japão) e América do Sul (a partir de Brasília, trabalha nove países da região).

Na atual proposta, os executivos responsáveis pelos EBTs permanecem entre 10 e 15 dias no Brasil para o planejamento de ações promocionais e partem para a execução de uma agenda - previamente fechada - de 45 a 60 dias em seus países de atuação. O trabalho é realizado em parceria com instituições e secretarias de turismo que fazem a divulgação do Brasil no exterior.

"O primeiro modelo de atuação dos EBTs foi por meio de convênio com a Federação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux, entidade que agradecemos a parceria. A partir desse aprendizado, conquistamos maturidade para chegar ao momento atual", destaca Ronnie Schoroeder, diretor de Turismo de Lazer e Incentivo da EMBRATUR.

Fonte: Embratur

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em