Embratur mobiliza profissionais para promoção internacional do País

Somar esforços do setor público e iniciativa privada para conquistar melhores resultados de promoção internacional do destino Brasil. Esse é o objetivo do Ministério do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Br

  
  

Somar esforços do setor público e iniciativa privada para conquistar melhores resultados de promoção internacional do destino Brasil. Esse é o objetivo do Ministério do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), que realizou hoje (27) e na última sexta-feira (24), em São Paulo (SP), apresentações da Agenda de Promoção Comercial do Turismo Brasileiro no Mercado Internacional 2007/2008 a profissionais da iniciativa privada, entidades e órgãos públicos relacionados ao turismo.

Promovidos em parceria com a Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), hoje, e com o SPC&VB (São Paulo Convention & Visitors Bureau), na sexta, os encontros reuniram profissionais interessados em conhecer as novidades da agenda – disponível no endereço www.brasilnetwork.tur.br . O documento, que foi adequado à segunda fase do Plano Aquarela – Marketing Turístico Internacional do Brasil, está organizado por mercado e antecipa ações até junho de 2008.

O diretor de Turismo de Negócios e Eventos da Embratur, Marcelo Pedroso, que conduziu a apresentação no SPC&VB, explicou que o calendário foi construído para potencializar os investimentos do conjunto dos profissionais que trabalham a promoção internacional do Brasil. “É uma oportunidade para o planejamento, uma vez que a agenda lista ações que podem ser casadas em uma mesma visita ao mercado, além de indicar ferramentas que otimizam o trabalho”, disse.

O diretor geral da tradicional operadora emissiva Tia Augusta e vice-presidente da Braztoa, Paschoal Fortunato, considerou a ação importante para o momento que a empresa vive: “Estamos ampliando nossa atividade para o receptivo, especialmente no segmento de negócios e incentivos, portanto é necessário esse apoio”. Já o gerente nacional de Turismo da Gol, Erico Cestarolli, comparou a agenda à filosofia da própria empresa: “ Simples, prática, com foco na busca por melhores resultados”.

Também participaram dos eventos as gerentes dos Escritórios Brasileiros de Turismo, Jaqueline Gil, de Turismo de Eventos Promocionais e Feiras, Maria Katavatis, e de Apoio à Comercialização, Karem Basulto.Na sexta, houve ainda um encontro com a Abav (Associação Brasileira das Agências de Viagens), parceira da Embratur no programa de feiras internacionais, com o mesmo objetivo de otimizar ações.

Guia de utilização e ciclo de apresentações

Com enfoque didático, as apresentações destacaram os programas da Embratur que prevêem participação de co-expositores (feiras internacionais de turismo, seminários Descubra o Brasil, Roadshows), passo-a-passo de aplicação dos dados da agenda, além de uma sugestão de chek list a ser seguido pelos participantes antes, durante e depois de cada ação.

Basicamente, esse é o mesmo conteúdo do Guia Prático de Utilização da Agenda, documento que também foi distribuído a todos os participantes e que está disponível no endereço www.brasilnetwork.tur.br (em ‘Programas e Agendas’ => ‘Agenda’). O guia foi especialmente desenvolvido para facilitar a interpretação e utilização do calendário de ações da Embratur .

De acordo com o diretor de Turismo de Negócios e Eventos, a idéia é que as apresentações prossigam em parceria com associações e entidades, que reúnem uma gama significativa de potenciais participantes de ações no exterior. Na seqüência, a intenção é promover encontros em estados do Nordeste. “Queremos capilarizar a informação”, disse Pedroso.

Adventure Sports Fair

Também na sexta (24), em São Paulo, a Embratur participou da Adventure Sports Fair. Dentro da programação do “4º Simpósio Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura”, a gerente dos Escritórios Brasileiros de Turismo (EBTs), Jaqueline Gil, e os executivos dos EBTs no Reino Unido e na Espanha, Glauco Fuzinatto e Fernanda Hummel,respecivamente, apresentaram as estratégias de promoção do Brasil no exterior e os diferenciais competitivos do País no Ecoturismo .

fonte: Portal Brasileiro do Turismo

  
  

Publicado por em