28º Encontro Comercial Braztoa termina com sucesso de negócios

O segundo e último dia de atividades do 28º Encontro Comercial Braztoa teve como pontos altos os resultados do Encontro de Negócios Viaja Mais Melhor Idade e a divulgação da parceria da associação com o Insti

  
  

O segundo e último dia de atividades do 28º Encontro Comercial Braztoa teve como pontos altos os resultados do Encontro de Negócios Viaja Mais Melhor Idade e a divulgação da parceria da associação com o Instituto Estrada Real e a Secretaria Estadual de Turismo de Minas Gerais.

Nos dois dias de evento, 2.007 visitantes passaram pelo Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, incluindo os que participaram das caravanas. Ao todo, 108 expositores, divididos em 84 estandes, participaram do encontro.

O Encontro de Negócios, ocorrido na manhã de ontem, reuniu 128 fornecedores, 32 representantes de secretarias estaduais e municipais de Turismo e 20 operadoras com o objetivo de desenvolver a temporada 2008 do projeto Viaja Mais Melhor Idade.

De acordo com o coordenador técnico operacional do projeto, Danilo Gonçalves, o sucesso do Encontro de Negócios teve como prenúncio o esgotamento das inscrições em tempo recorde. "Normalmente as inscrições dos interessados em participar são feitas ao longo de um mês e dessa vez esgotaram-se em três dias", destaca.

A expectativa da Braztoa é que as operadoras não só forneçam, em 2008, novos roteiros do Viaja Mais, mas também que aumentem o número de agências (atualmente são 831) oferecendo pacotes do projeto, que tem preços mais atrativos para quem é aposentado ou pensionista. Somente na primeira fase da iniciativa, foram vendidos 8 mil pacotes.

Em 12 de dezembro, o Ministério do Turismo deve apresentar as novidades sobre o funcionamento da iniciativa em 2008. Está prevista a inclusão de novos roteiros e de pontos de saída, que hoje estão restritos ao Distrito Federal e a cidade de São Paulo.

Parceria Braztoa/Estrada Real:

Na última sexta-feira, a Braztoa detalhou a parceria com o Instituto Estrada Real e a Secretaria Estadual de Turismo de Minas Gerais para estimular o aumento da demanda por turismo em 199 municípios, 1.500 quilômetros de estrada, que compõem o roteiro.

O presidente da Braztoa, José Eduardo Barbosa, afirmou que essa parceria é realizada com o objetivo de fazer com que o "produto Minas" seja perene no mercado, oferecido durante o ano inteiro. Para isso, a associação vai oferecer estrutura para a divulgação do Estado e de roteiros, além de fazer o treinamento dos profissionais (agentes e operadores) que trabalham com o turismo.

A diretora de Estruturação do Produto Turístico de Minas, Fernanda Fonseca, afirmou que o Estado vai realizar obras de infra-estrutura para receber o visitante. Já o Instituto Estrada Real, em conjunto com a Braztoa, montará roteiros e dará suporte para aplicar o conceito que levará o turista a "vivenciar Minas".

Caberá aos parceiros a promoção dos destinos, por meio de campanhas, para reverter a questão da sazonalidade do turismo nos municípios envolvidos na iniciativa. Segundo o coordenador do convênio, Rodrigo de Aguiar, haverá roteiros para "todas as tribos" e perfis de consumidor.

Os associados à Braztoa foram representados durante o anúncio da parceria por dois diretores da Braztoa - José Afonso Gomes Louro (Visual), da área de Produtos Nacionais, e Salomão Barros (Pomptur), do segmento Rodoviário.

Caravanas esquentam a programação:

Para os agentes de viagem que chegaram em caravanas do interior de São Paulo e de outros Estados, o 28º Encontro Comercial Braztoa representa a oportunidade de bons negócios. É o momento de levar novos produtos para as agências em que atuam e passar a oferecer mais alternativas à clientela.

O agente de turismo e sócio da Niterói Receptivo (RJ), José Mauro Farias, participou pela primeira vez do evento. A expectativa, segundo ele, é de aumentar sua rede de atuação e ampliar a base de clientes. Por outro lado, também quer divulgar Niterói como roteiro para o turismo ecológico, segmento em que atua desde 2000.

"O evento é interessante para quem tem uma agência pequena. Espero encontrar boas oportunidades e fazer bons contatos para montar produtos direcionados para meu público-alvo, que é o turismo ecológico e o de aventura ."

Farias acredita que a troca de informações entre os agentes é tão intensa que no próprio trajeto para São Paulo muitos negócios e projetos foram fechados. "No ônibus mesmo estava negociando com um agente de Nova Friburgo um projeto em conjunto", conta.

As sócias Jane Rodrigues e Cristiane Reda, da operadora e agência de turismo Libertè, de Campinas, também tinham grande expectativa como visitantes do 28º Encontro Comercial. Além de conhecer alguns produtos novos, o objetivo é negociar para que no próximo encontro participem como expositoras.

Cerca de 700 pessoas visitaram o 28º Encontro Comercial em 20 caravanas. Do total, 12 caravanas farão visitas técnicas neste fim de semana em diferentes cidades do Estado de São Paulo. Os grupos vão visitar cidades do litoral paulista e conhecer roteiros no interior, como o Circuito das Frutas e o Circuito do Vinho.

Fonte: MVL Comunicação

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em