A ABGEV realizou em São Paulo o 4º Encontro de Comitês

A ABGEV, Associação Brasileira de Gestores de Viagens Corporativas realizou na sexta-feira, dia 20 de abril, seu 4º Encontro de Comitês. O evento, que reuniu cerca de 50 profissionais, foi realizado no Bourbon Alphaville, a 26 Km

  
  

A ABGEV, Associação Brasileira de Gestores de Viagens Corporativas realizou na sexta-feira, dia 20 de abril, seu 4º Encontro de Comitês. O evento, que reuniu cerca de 50 profissionais, foi realizado no Bourbon Alphaville, a 26 Km de São Paulo.

Estiveram presentes na reunião representantes dos cinco comitês que compõem a entidade, – gestores de viagens das empresas-clientes (CE30), gestores de eventos (CEV), aviação (CA), cartões de crédito (CCC) e o de logística para eventos (CLE), e alguns convidados, como Douglas Simões e Fábio Mendes, do Worldspan e Rosângela Massini, representando a TMC Brasil.

Na ocasião, eles apresentaram um balanço dos trabalhos desenvolvidos ao longo do semestre e suas metas para os próximos meses. A diretoria da ABGEV também aproveitou o encontro para anunciar a criação do Comitê de Tecnologia, programada para 9 de maio.

Entre os principais assuntos, falou-se sobre a dinâmica do mercado de aviação, que tem influenciado no acordo de tarifas para as empresas-clientes, além do fluxo de reembolso de passagens aéreas, processo que ainda precisa ser “azeitado”.

“Em nosso dia-a-dia, percebemos que não adianta mais usar aquela velha premissa de que trabalhar com antecedência vai trazer tarifas mais baratas. Os preços variam de acordo com a ocupação do vôo, isso é regra comercial”, comentou Patrícia Thomas, vice-presidente da ABGEV e gestora de viagens da Cargill Agrícola.

“Mas precisamos encontrar alguma forma de justificar corporativamente a não utilização dos acordos firmados com a cias. aéreas, em virtude do viajante sempre achar uma tarifa mais barata na internet”, completa Patricia.

Para um dos integrantes e coordenador do CE30, Carlos Eduardo dos Santos, C&G Procurement Manager da GSK Brazil (GlaxoSmithKline), a complexidade do mercado de aviação é tão grande que nem o consultor de viagem, nem os viajantes, conseguem entender a dinâmica dos preços de passagens aéreas. “As regras não são claras e dão margem aos executivos para fugirem das políticas de viagens das empresas”, argumentou o gestor.

Se por um lado, os gestores questionam que a regra não é transparente, por outro estão os representantes das companhias aéreas, que alegam haver sim normatização do setor para os preços vigentes.

O CA colocou em pauta ainda a necessidade de se montar um modelo padrão de RFP (request for proposal) para cias. aéreas, solicitações emitidas pelas empresas-clientes, para poder organizar e agilizar esse processo. No próximo dia 29 de maio, haverá reunião ordinária do Comitê de Aviação e o CE30 foi convidado a participar, com o objetivo de resolver algumas dessas questões.

Outro tema discutido durante o encontro foi o uso do cartão de crédito, ferramenta que ainda enfrenta resistência no mercado na hora de pagar as despesas com viagens corporativas. O temor em relação a uso indevido, bem como o custo administrativo, costumam ser os motivos para frear seu uso. Mas não há dúvidas de que o cartão é um meio seguro e que facilita a vida das empresas.

Além dos já conhecidos cartão corporativo e virtual de passagens, o mercado de cartões está desenvolvendo produtos específicos para eventos e hotéis. O CCC, principal comitê envolvido na desmistificação dessa cultura temerosa, ainda está realizando um mapeamento do fluxo de prestação de contas nas empresas-clientes integrantes do CE30, com o objetivo de identificar necessidades específicas do mercado e dos clientes, proporcionando melhores práticas administrativas para toda a indústria de viagens. Ricardo Vianna, da Visa do Brasil, e Mário Toshio, da MasterCard, coordenam este comitê.

Por último, os dirigentes da ABGEV anunciaram a criação de um novo comitê da entidade, o Comitê de Tecnologia. O CT, como foi batizado, será apresentado oficialmente no dia 09 de maio. Ele será composto por profissionais de empresas de Tecnologia vinculadas à cadeia de serviços de viagens corporativas, “Global Distribution Systems (GDSs)”, Sistemas Integrados de Gestão/ERP’s, Provedores de Sistemas de Integração, Empresas de Desenvolvimento de Soluções em Tecnologia de Viagens, e algumas Associações de Classe da Indústria de Viagens Corporativas.

Seu principal objetivo será estimular o conhecimento e entendimento sobre as tecnologias presentes nas etapas integrantes do processo de viagens corporativas, antecipando demandas específicas para a geração de soluções tecnológicas futuras. O CT será coordenado inicialmente por Douglas Simões, Country Manager, do Worldspan.

Hoje a ABGEV possui cinco comitês de trabalho para promover e facilitar a troca de experiência entre os participantes dos diferentes ramos de atividade: Comitê de Aviação (CA), representado hoje por 17 companhias aéreas, nacionais e internacionais; Comitê de Cartões de Crédito (CCC), formado por 12 empresas, entre consultorias, adquirentes, bandeiras e emissores (bancos) de cartões; Comitê de Eventos (CEV), composto por 8 empresas-clientes através de seus gestores de eventos corporativos; Comitê de Executivos (CE30), composto pelos gestores de viagens das empresas associadas; e o Comitê de Logística para Eventos (CLE), formado por 18 representantes. No último ano, o CE30 conquistou a adesão de quatro novas empresas: Fiat do Brasil, Nokia, Unibanco e Companhia Vale do Rio Doce (CVRD).

Sobre a ABGEV:

A ABGEV, Associação Brasileira de Gestores de Viagens Corporativas, foi fundada em 2003 e reúne mais de 180 empresas associadas, entre empresas-clientes (travel managers), redes hoteleiras, companhias aéreas, TMCs/agências de viagens, organizadoras de eventos, empresas de tecnologia e distribuição, sendo a única associação de gestores de turismo de negócios no Brasil e América Latina. Em parceria com a NBTA (National Business Travel Association, EUA), a entidade organiza há dois anos, em São Paulo, o Encontro Latino-Americano de Viagens Corporativas e Tecnologia (LACTTE), atraindo mais de 1000 profissionais do setor nas duas edições já realizadas.

Fonte: FirstCom Comunicação

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em