A magia do Ver-O-Peso está 4º Salão de Turismo

No evento, que acontece em São Paulo, destaque para as vendedoras de ervas da maior feira livre da América Latina, que fica em Belém do Pará

  
  
Dona Socorro, a Loura, vendedora de ervas do Ver-O-Peso, está no estande do Pará

Banho de cheiro, mandingas para arranjar namorado, emprego, saúde e dinheiro estão fazendo sucesso no 4º Salão de Turismo, aberto nesta quarta-feira (1º) no Parque de Exposições do Anhembi, em São Paulo. A novidade faz parte do espaço destinado ao Pará no Salão, onde uma réplica da maior feira livre da América Latina, o Ver-O-Peso, em Belém do Pará, foi instalada.

O evento, que prossegue até o dia 5 de julho tem como tema 'Roteiros do Brasil', uma estratégia de mobilização, promoção e comercialização dos roteiros turísticos desenvolvidos a partir das diretrizes do Programa de Regionalização do Turismo - Roteiros do Brasil.

No estande do Pará, que fica na Praça da Região Norte, além de frutas típicas como açaí, cupuaçu, pupunha, buriti e castanha-do-Pará, dona Socorro Soares, mais conhecida como Loura, dá o tom da festa e mostra aos curiosos como costuma vender suas ervas no Ver-O-Peso, onde trabalha há 20 anos. “Eu adoro o que faço e participar de um evento como esse e mostrar nosso trabalho e nossa cultura é muito gratificante”, disse Loura, que chegou a São Paulo com todos os produtos que são vendidos na feira.

Loura está presente no evento a convite do Sebrae/PA, que participa do Salão com os projetos Estruturante de Turismo, Turismo de Negócios, Economia da Experiência e Artesanato de Muaná. A réplica do Ver-O-Peso, o grande cartão postal de Belém, por exemplo, é uma ação do projeto Economia da Experiência, que visa aguçar a criatividade, de forma subjetiva, dos empreendedores das áreas turísticas da cidade, na busca de diferenciais e inovações no atendimento aos visitantes que chegam à capital paraense.

O projeto é realizado pelo Sebrae/PA, em parceria com o Instituto Marca Brasil, e a Embratur. "Trouxemos o Ver-O-Peso pra São Paulo porque nada mais peculiar à Belém, com todas as suas cores, cheiros e atrativos que despertam os sentidos que quem conhece o local", observou João de Deus Amaral, gerente da Unidade de Comércio e Serviço do Sebrae/PA.

O projeto também integrará o Núcleo do Conhecimento do Salão do Turismo, nesta sexta-feira, das 16h30 às 18h30, representado pelo empresário e chef Fábio Sicília, que levará sua expertise ao ambiente de debates, reflexões, intercâmbio e integração entre governo, mercado, academia e parceiros por meio de palestras, mesas de debates, mini-cursos e experiências que contribuem para compor e divulgar o conhecimento em turismo.

O Núcleo do Conhecimento tem entre seus propósitos despertar nas pessoas que atuam no turismo, em qualquer área da cadeia produtiva, o compromisso de qualificar e tornar os roteiros cada vez mais competitivos. No espaço, o visitante pode conhecer casos de sucesso e debater as tendências do setor bem como ter contato com importantes empresários, estudiosos, consultores de turismo e palestrantes do Brasil e do exterior.

Artesanato de Muaná

O estande Talentos do Brasil conta com a presença das artesãs do município de Muaná, localizado na Ilha do Marajó, no Pará. Elas apresentam as coleções de 2007, feita pelo designer Renato Imbroisi, e a de 2008, feita pelos designers Amauri Marques e Renato Loureiro. As artesãs de Muaná trabalham com a fibra do tururi, palmeira típica da região amazônica com as quais são produzidos artesanalmente chapéus, colares, brincos, pulseiras, bolsas etc

Salão do Turismo

Promovido pelo Governo Federal por meio do Ministério do Turismo, o Salão apresenta o turismo brasileiro para quem quer viajar ou fechar bons negócios. Os visitantes podem conhecer os roteiros turísticos das 27 unidades da Federação e adquirir pacotes e produtos/serviços turísticos para visitá-los nas suas próximas viagens.

Podem ainda ver e comprar o artesanato, os produtos da agricultura familiar e a gastronomia típica, além de assistir a manifestações artísticas de diversas regiões do País. O público pode também assistir a debates e palestras e ainda conhecer casos de sucesso, trabalhos científicos e projetos relacionados ao turismo.

Serviço:
Sebrae no Pará - (91) 3181-9000

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em