Abav 2011: Turismo Rural busca profissional moderno e qualificado

O Brasil está na quarta posição mundial no desenvolvimento da atividade, atrás de Portugal, Espanha e Argentina. Levantamento feito com 45 empresas do setor aponta que até 2014 o País avançará no ranking

  
  
Abav 2011

O Turismo Rural, expoente oportunidade de negócio para o Brasil, foi tema da oficina do último dia do 39º Congresso da Associação Brasileira das Agências de Viagens e Feira das Américas – Abav 2011, de 19 a 21 de outubro, no Centro de Convenções Riocentro, no Rio de Janeiro. A palestrante Andreia Roque, professora mestre em Desenvolvimento Regional, propôs aos participantes um novo olhar sobre o segmento, que pode ser moderno sem perder a ruralidade.

O Brasil está na quarta posição mundial no desenvolvimento da atividade, atrás de Portugal, Espanha e Argentina. Levantamento feito com 45 empresas do setor que participaram da Feira Nacional de Turismo Rural (Feiratur), em setembro deste ano, aponta que até 2014 o País avançará no ranking. “Nosso histórico de maior produtor agrícola mundial aliado ao momento do turismo brasileiro, coloca o país no potencial máximo para alcançar a primeira posição”. A tendência ficou clara durante a 3ª Rodada de Negócios de Turismo Rural, na qual foram gerados R$ 3,6 milhões em negócios.

O crescimento da demanda virá acompanhado de um aumento do nível de exigência por excelência nos serviços e da inserção do Turismo Rural como atividade participante do universo do turismo brasileiro. “Trata-se de um grande desafio que, vencido, deve fortalecer as empresas, gerando mais empregos e faturamento”, disse Andreia.

Iniciado na Região Sul do Brasil, o Turismo Rural está presente na maioria dos estados brasileiros. De acordo com empresários do setor, 30% dos clientes têm origem regional, 26%, estadual, 25% do exterior e 19% vêm de outros estados. Dentre os produtos oferecidos, o Turismo Rural Pedagógico e o Agroturismo despontam como os mais procurados. Para Andreia, chama atenção a participação do turista estrangeiro, o que demonstra que ele está interessado em conhecer a cultura brasileira, intimamente ligada ao turismo rural.

Segundo o Instituto de Desenvolvimento do Turismo Rural – Idestur (www.idestur.org.br), 18 estados apresentam produtos focando desenvolvimento local e comercialização com o universo turístico. O estudo foi feito em parceria com o Sebrae (www.sebrae.com.br) e deu origem ao Panorama Empresarial do Turismo Rural.

Fonte: ABAV

  
  

Publicado por em