Aruba celebrará a festa de São João com rituais bem diferentes

Em vez do xadrez, os arubanos usam roupas vermelhas e amarelas bem chamativas, representando o florescer da árvore local kibrahacha

  
  
O Dera Gai é, hoje, um festival cultural nacional, com músicas, danças, comidas e bebidas típicas, celebrado em diversos locais de Aruba / Divulgação

Enquanto os brasileiros tiram as camisas xadrezes do armário, preparam as fogueiras e ensaiam as quadrilhas de festa junina, os arubanos se preparam para a sua própria festa de São João, que tem tradições muito diferentes.

O Dera Gai, como é chamada a comemoração do dia 24 de junho, celebra o nascimento do santo e também a colheita. É um festival folclórico cheio de simbolismos, tanto pagãos quanto católicos, que refletem as influências dos índios aruaques e dos missionários espanhóis na ilha.

O nome da celebração é traduzido para “enterro do galo”, que é um jogo tradicional da data: os jogadores, de olhos vendados, tentam decapitar com um taco um galo enterrado até a cabeça no chão!

Hoje, os participantes tentam encontrar uma bandeira, também de olhos vendados, mantendo a tradição de uma maneira mais humanitária. Além disso, grupos de dança usam um galo de plástico para reencenar o antigo ritual.

A tradição do enterro do galo é perfeita para entender a mescla da festa pagã com a católica: enquanto os católicos consideravam que o costume simbolizava a decapitação de São João Batista, os pagãos acreditavam que o sangue do animal tornaria a terra mais fértil para a safra seguinte.

Em vez do xadrez, os arubanos usam roupas vermelhas e amarelas bem chamativas, representando o florescer da árvore local kibrahacha. Alguns grupos realizam rituais de dança de colheita.

Mas a festa também tem algo igual às do Brasil: as fogueiras. Antigamente, elas eram acesas no dia 23 de junho, anunciando a chegada do dia de São João. Hoje, as fogueiras são acesas no próprio dia da comemoração por toda ilha.

O Dera Gai é, hoje, um festival cultural nacional, com músicas, danças, comidas e bebidas típicas, celebrado em diversos locais de Aruba, e um dos eventos mais esperados do ano pelos arubanos.

Visite: www.revistaecotour.tur.br

Fonte: Natasha Sá Osório

  
  

Publicado por em