Brasil apresenta produtos turísticos para profissionais do setor na Argentina

Embratur expõe destinos de praia, ecoturismo, aventura, cultura e história na Feira de Turismo da América Latina (FIT)

  
  

A Argentina é o principal emissor de turistas estrangeiros para o Brasil. O país vizinho foi responsável por mais de 18% do fluxo total de visitantes internacionais no ano passado. Foram mais de um milhão de turistas argentinos circulando por nossos destinos, 30% a mais que em 2003. Por estas características, o mercado argentino é considerado de altíssima prioridade para o trabalho de promoção do Brasil no exterior, de acordo com recomendações do Plano Aquarela, que norteia as ações da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo).

O ministro do Turismo, Luiz Barretto esteve presente no primeiro dia do evento, onde participou da solenidade de abertura e recebeu, no estande do Brasil, junto com a presidente da Embratur, Jeanine Pires, a visita da ministra da Indústria e Turismo da Argentina, Débora Giorg, do ministro da Cultura da Argentina, Hernón Lombardi, e do Secretário de Turismo da Argentina, Carlos Enrique Meyer.

A área reservada para o Brasil conta com um espaço de 645 m2, onde 44 co-expositores – entre estados, municípios, empresas de turismo e companhias aéreas apresentam seus produtos aos profissionais de turismo. Além dos conceitos de modernidade, design, arquitetura e cultura, o painel central do estande brasileiro tem com tema o aniversário de 50 anos de Brasília. A Catedral e o Congresso Nacional, duas das maiores belezas arquitetônicas da Capital Federal, estarão estampadas em feiras internacionais de turismo que acontecem em 2009 e 2010.

“A FIT é o primeiro grande encontro internacional de turismo realizado na América do Sul no qual o Brasil participa como sede confirmada da Copa 2014 e Jogos Olímpicos 2016 – o que credencia o país como um dos principais destinos internacionais para a realização de grandes eventos”, disse a presidente da Embratur, Jeanine Pires. “O Brasil é o 7º destino do mundo que mais realiza eventos internacionais, de acordo com o ranking da International Congress and Convention Association (ICCA)”, complementou.

Em sua 13ª edição, a FIT está posicionada como uma das feiras mais importantes no mercado internacional em termos profissionais e de público. O evento tem como propósito reunir os protagonistas da indústria turística mundial e disponibilizar aos participantes um ambiente que gere novas relações comerciais, apresentando novidades, divulgando destinos e consolidando os contatos do setor.

Ofensiva em 2010

“Nossa ideia é que já no início de 2010 comecemos uma campanha ofensiva de divulgação do Brasil com ações publicitárias em ônibus e metrôs, focando o consumidor final. Queremos que o Brasil fique na mente do argentino. Vamos nos focar não apenas em Buenos Aires, mas em outras cidades como Rosário, Córdoba, Mendonza entre outras” ponderou o executivo do Escritório Brasileiro de Turismo na América do Sul, João Carlos Vasconcelos. “Além de Sol e Praia, os argentinos têm grande interesse pela cultura e pela história do Brasil e todos os estados têm capacidade para promover produtos de qualidade e conquistar ainda mais este mercado”, afirmou.

Na última sexta-feira (13), o executivo acompanhou o diretor de Mercados Internacionais da Embratur, José Luiz da Cunha, durante reunião com o Comitê Visite Brasil, na Embaixada do Brasil na Argentina. O objetivo do encontro era passar detalhes das estratégias de divulgação utilizadas ela Embratur aos membros parceiros na promoção do Brasil no país.

O Brasil é bastante visitado pelos argentinos: 86,65% dos turistas daquele país já estiveram no país pelo menos uma vez. É estratégia da Embratur mostrar toda a diversidade de destinos que o Brasil oferece, promovendo outras regiões e cidades por meio de campanhas publicitárias, relacionamento permanente com a imprensa argentina e caravanas com operadores de turismo, entre outras ações. Atualmente, Brasil e Argentina dispõem de 170 voos semanais, o que gera uma oferta de 22.775 assentos.

Quem é o turista argentino?

- Sol e praia é a motivação da viagem de 83,6% dos visitantes argentinos.

- 86,6% já visitaram o Brasil outras vezes e 13,4% estão no país pela primeira vez.

- 74,2% viajam a lazer e 17,7% estão em negócios, eventos ou convenções.

- 58,8% ficam em hotéis, flats ou pousadas.

- 42,5% viajam com a família e 20,7% estão sozinhos.

- O gasto médio diário dos que viajam a lazer é de US$ 46,60 contra US$ 117,10 dos que estão a negócios, eventos ou convenções.

- 28,7% têm entre 41 e 50 anos.

- 57,1% ficam plenamente satisfeitos com a viagem.

- Os destinos prediletos dos que viajam a lazer são, pela ordem, Florianópolis, Balneário Camboriú, cidade do Rio de Janeiro, Búzios e Bombinhas, em Santa Catarina.

- A permanência média do turista de lazer é de 11,3 dias, e o de negócios, eventos e convenções, 5,1.

- 98,7% têm a intenção de voltar ao Brasil.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em