Brasil tornou-se uma referência no setor de eventos internacionais

A 46ª edição do congresso da ICCA (International Congress and Convention Association), encerrada no dia 31/10, em Pattaya (Tailândia), evidenciou que o Brasil tornou-se uma referência no setor de eventos internacionais. N

  
  

A 46ª edição do congresso da ICCA (International Congress and Convention Association), encerrada no dia 31/10, em Pattaya (Tailândia), evidenciou que o Brasil tornou-se uma referência no setor de eventos internacionais.

No dia 30/10, a coordenadora de Turismo de Eventos da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Flávia malkine [foto], apresentou o trabalho de promoção internacional do Brasil como destino de congressos e eventos no fórum "Effective National Destination Marketing". O VisitScotland e o Centro de Convenções de Sydney também apresentaram seus casos de sucesso.

O convite da ICCA, mais importante entidade do segmento de eventos no mundo, deveu-se à escalada do Brasil em seu ranking de maiores destinos para realização de eventos internacionais: saltou da 21ª posição em 2002 (71 eventos sediados) para a 7ª colocação em 2006 (207 encontros), assegurando lugar no TOP 10 mundial.

Malkine expôs diretrizes do Plano Aquarela – Marketing Turístico Internacional do Brasil, orientador de todas as ações de captação no exterior, uma vez que o Turismo de Negócios e Eventos é um dos principais segmentos indicados pelo Plano para o trabalho no exterior.

O Brasil ainda recebeu dois certificados de reconhecimento: Embratur, por 30 anos como membro da ICCA, e São Paulo Convention & Visitors Bureau, por 20 anos.

Fonte: Embratur

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em