Cartagena sedia o I Festival Internacional de Arte Urbana da Colômbia

Participam mais de 25 artistas nacionais e internacionais e um número significativo de artistas urbanos cartageneros

  
  

A Proexport Colômbia, organização governamental com o objetivo de promover o turismo, as exportações e os investimentos da Colômbia, destaca o I Festival Internacional de Arte Urbana da Colômbia, realizado até o dia 7 de dezembro, em Cartagena de Indias.

Participam mais de 25 artistas nacionais e internacionais e um número significativo de artistas urbanos cartageneros, que farão mais de 30 murais no bairro Getsemaní.

O Festival denominado “Ciudad Mural”, é um trabalho coordenado entre a mesma comunidade, o setor público, o setor privado e a companhia Vertigo Graffiti, quem têm impulsionado a iniciativa de forma organizada no país, nos últimos anos.

Através do festival de arte urbano pretende-se mostrar que o desenvolvimento turístico que a Getsemaní está conseguindo, pode ser acompanhado de um auge cultural, para tornar o setor um novo destino turístico da cidade histórica de Cartagena, criando novas oportunidades de desenvolvimento econômico e social para a sua comunidade.

Como resultado, procura-se criar uma galeria urbana única, na qual cada obra revele magicamente o por que Cartagena é patrimônio intangível da humanidade.

“Essa experiência tem se desenvolvido com sucesso em cidades como Miami e Lisboa, que seguiram o exemplo de Berlim. As galerias urbanas nestas cidades viraram um atrativo turístico e cultural para os visitantes.

Em Cartagena busca-se além de embelezar as fachadas deterioradas, comunicar mensagens relevantes que consigam emocionar sobre a realidade da comunidade e as suas preocupações”, explicou Alejandro Cárdenas, Diretor Executivo da Vertigo Graffiti e um dos promotores do festival.

Os habitantes da região têm participado ao longo do processo da criação do evento, ajudando a estabelecer laços entre diferentes grupos da comunidade e a evidenciar o valor turístico-cultural desse bairro para Cartagena.

Igualmente, envolveu-se à academia, com o apoio da Universidade dos Andes em Bogotá, para confirmar a relevância desse tipo de experiências e a possibilidade de se tornar um modelo replicável em outros lugares do país.

“Expressões artísticas como as que serão manifestadas durante o evento contribuem à ampliação da oferta cultural da cidade, o qual representa um dos seus principais atrativos turísticos.

Os participantes do festival conhecerão uma experiência única e saberão por que a Colômbia é realismo mágico” afirmou a Presdienta da Proexport Colômbia, María Claudia Lacouture.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Bruno Athayde

  
  

Publicado por em