Cavalo Marinho e Forró Pé de Serra lançam II Prêmio Mestre Salustiano de Pernambuco

Estavam todos reunidos: gestores públicos, estudantes dos cursos de turismo, hotelaria, eventos, moda e gastronomia, coordenadores das instituições de ensino superior, representantes da família Salustiano e do trade turístico do Estado.

  
  
Prêmio Mestre Salustiano

Estavam todos reunidos: gestores públicos, estudantes dos cursos de turismo, hotelaria, eventos, moda e gastronomia, coordenadores das instituições de ensino superior, representantes da família Salustiano e do trade turístico do Estado. O lançamento do II Prêmio Mestre Salustiano do Turismo de Pernambuco lotou na manhã de ontem (14), a Sala República Pernambucana, do Centro de Convenções. O evento foi aberto pelo secretário executivo de Turismo, Tomé Franca que falou da importância da contribuição do Mestre Salustiano e da sua obra para o desenvolvimento do turismo cultural local.

Para pontuar a solenidade de abertura, nada melhor que ouvir as últimas criações musicais do mestre, representadas por Pedro Salu, que tocou - juntamente com seus irmãos – dois forrós e um cavalo marinho. “O meu pai sempre foi fã do cavalo marinho e do forró pé de serra”, comentou Pedro Salu com o pandeiro na mão”.
O evento reconhece as boas iniciativas voltadas para o desenvolvimento da atividade turística no Estado pelos seus estudantes e profissionais mais atuantes. Ano passado, em sua primeira edição, o prêmio recebeu 43 projetos inscritos e obteve absoluto êxito. As inscrições para o II Prêmio Mestre Salustiano do Turismo de Pernambuco poderão ser feitas de 15 de setembro a 30 de outubro de 2009.

“Não é à toa que Pernambuco é um destino conhecido nacional e internacionalmente. Os avanços conquistados no turismo são o resultado do trabalho de muita gente boa. É uma satisfação muito grande valorizar e reconhecer, pela segunda vez, o esforço destes estudantes e profissionais que fazem o turismo do Estado no lançamento desta nova edição do Prêmio Mestre Salustiano do Turismo de Pernambuco”, afirma o Secretário de Turismo do Estado, Silvio Costa Filho.

Assim como a atividade turística movimenta direta ou indiretamente uma significativa parte da economia estadual que se multiplica a cada ano, o prêmio também cresceu no seu formato e significado. Serão quatro categorias: a de comunicação, para texto jornalístico, foto, reportagens de rádio e TV (audiovisual), publicados na imprensa em 2009; a de graduação, para os trabalhos que conclusão de cursos (TCC) que deverão ser transformados em artigo científico e ainda dentro desta categoria, para artigos científicos já publicados na área de turismo, hotelaria, gastronomia e eventos.

Uma nova categoria foi incluída esta ano: a de futuros profissionais, para projetos de estudantes do curso de gastronomia, cujo tema será ‘O resgate da gastronomia pernambucana’ e do curso de moda, para projetos sobre ‘Design dos uniformes para eventos de promoção turística no estado, país e exterior, que serão usados pelos técnicos da Setur e Empetur’; e a categoria municipal, para gestores ou técnicos das prefeituras que já tenham implantado projetos turísticos em 2009.

Premiação - os primeiros lugares das categorias comunicação, graduação e futuros profissionais receberão o prêmio em dinheiro no valor de R$ 2.000,00 mais um troféu, em formato de uma mini rabeca. Já o vencedor da categoria municipal será premiado com R$ 5.000 em material promocional para o município. Os segundos e terceiros lugares de todas as categorias serão premiados com o troféu de uma mini rabeca.

Inscrições – Depois de ler cuidadosamente o regulamento, os interessados deverão preencher o formulário de inscrição - que juntamente com o regulamento estarão disponíveis no banner do prêmio localizado no site da Setur (www.setur.pe.gov.br), a partir desta segunda (14) - imprimí-lo e de acordo com a categoria que deseja participar, se dirigir aos seguintes locais: para as categorias de comunicação, municipal e gradução (artigos científicos já publicados) entregar pessoalmente à equipe da Assessoria de Projetos Especiais da Setur 03 (três) cópias impressas e 03 (três) cds do material ou enviar pelo sedex para o endereço da secretaria: Avenida Agamenon Magalhães, 200, Olinda – PE, CEP: 53.110-710.

Para as categorias de futuros profissionais e graduação (artigos científicos de trabalhos de conclusão de cursos/TCC) os interessados devem se dirigir à coordenação de ensino superior dos seus respectivos cursos de graduação e participar com até 03 (três) artigos científicos ou projetos temáticos de gastronomia e moda. Neste caso, a inscrição será feita pela instituição de ensino superior.

Comissão Julgadora – Será formada por representantes do Conselho Estadual de Turismo/Contur, Sindicato dos Jornalista de Pernambuco/Sindjope, Mestrado de Gestão Pública/UFPE e especialistas do setor de moda e gastronomia.

Homenagem – Mestre Salustiano foi o primeiro brincante a valorizar a atividade turística através de seus empreendimentos culturais que trouxeram identidade e investimentos para o turismo cultural do Estado. O Prêmio Mestre Salustiano foi criado em 2008, pela Secretaria de Turismo do Estado para homenagear todos os profissionais de Pernambuco, que assim como Salu, desenvolveram bons projetos turísticos.

Fonte: Secretaria de Turismo de Pernambuco

  
  

Publicado por em