Com artesanato diversificado e representação de mais de mais de mil empresas do turismo mineiro, Minas Gerais é o estado patrono da ABAV 2009

O objetivo da participação da Setur de Minas Gerais no evento é apresentar os melhores roteiros e atrativos mineiros e inseri-los nos catálogos das maiores operadoras do país.

  
  
Autenticidade do artesanato produzido no norte de Minas será exposta na ABAV 2009 - Feira das Américas

Minas Gerais, Estado Patrono da ABAV - Feira das Américas -, apresenta o que há de melhor no Estado para os profissionais do turismo nacional. A Secretaria de Estado de Turismo preparou um estande exclusivo, de 300m², para destacar a originalidade do artesanato mineiro e, no estande institucional de Minas Gerais, no espaço de comercialização, cerca de mil empresas mineiras do setor estarão representadas por entidades e associações apresentando os principais produtos turísticos do Estado.

O objetivo da participação da Setur no evento é apresentar os melhores roteiros e atrativos mineiros e inseri-los nos catálogos das maiores operadoras do país.

Para a Secretária de Estado de Turismo de Minas Gerais, Érica Drumond, “estamos levando o que Minas tem de melhor. Nosso artesanato é representativo e mostra as cores e formas do Estado. E, com a participação das empresas mineiras, estamos atingindo diretamente o mercado turístico nacional com a oferta de novos e diversificados produtos turísticos”, explica.

Abav 2009

O 37ª Congresso Brasileiro de Agências de Viagens e Feira das Américas é promovido pela Abav e acontece nos dias 21, 22 e 23 de outubro, no Riocentro, Rio de Janeiro. São esperados cerca de 30 mil visitantes do trade turístico de todo o Brasil e de mais 35 países que comercializam os pacotes turísticos para o público final. A participação da Secretaria de Estado de Turismo conta com a parceria do Sebrae Minas e da Belotur.

Artesanato

Localizado no Pavilhão 3, o estande de 300 m² será uma amostra do que há de mais expressivo e autêntico do artesanato mineiro. Todas as regiões de Minas serão representadas por meio de peças que retratam o modo de fazer local. Destaque para as Bonecas do Vale do Jequitinhonha, cerâmicas de Saramenha e Pedra Sabão. Artigos da culinária típica, desenvolvidos de forma artesanal, como a cachaça e a goiabada, também serão expostos e comercializados.

De acordo com a superintendente de artesanato da Secretaria de Estado de Desenvolvimento (SEDE), Maria Amélia Dornelles, há uma interface entre o artesanato e o turismo, uma vez que o turista sempre deseja materializar seu passeio. “Desde peças pequenas e bem genuínas até grandes obras de artistas regionais, o artesanato é uma maneira de guardar consigo uma lembrança do destino visitado. Essa é a importância do artesanato tanto do ponto de vista de quem o produz quanto de quem o adquire” explica.

Em tempo integral, dois artesãos do Circuito Turístico Trilha dos Inconfidentes farão demonstrações criando peças artesanais ao vivo. Hamilton Narciso, de Vitoriano Veloso – “Bichinho” –, mostra a técnica de entalhe na madeira. A matéria-prima é transformada em peças sacras, anjos barrocos e imagens religiosas. Já o artesão Paulo Henrique, de Rezende Costa, apresenta o modo mineiro de tecer.

Comercialização

A Setur incentivou a presença de mais de 15 empresas e 22 entidades do turismo mineiro para apresentarem para o público da feira os principais produtos turísticos de Minas Gerais. “Somente fomentando a comercialização e atraindo mais turistas para Minas é que conseguiremos, efetivamente, aumentar nossas divisas e movimentar a economia do turismo”, afirma Érica Drumond.

Cerca de mil empresas mineiras serão representadas por entidades e associações presentes no evento, o que significa a oportunidade para a concretização de bons negócios junto aos agentes de viagens.

As entidades e associações que representarão as empresas mineiras no estande de comercialização são: o Instituto Estrada Real, SESC, Belotur, SENAC, a Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, o Instituto Estadual de Florestas, a Associação Mineira de Turismo Rural, a Federação dos Circuitos Turísticos Mineiros, a Federação dos Conventions & Visitors Bureaux, a Associações de Hotéis e Pousadas de Monte Verde, a Associação de Hoteleiros de Tiradentes, a Associação Brasileira de Agentes de Viagens - MG, o BH Conventions & Visitors Bureaux e os Conventions Bureaux de Ouro Preto, Juiz de Fora, Uberlândia, Araxá e o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Poços de Caldas e Região.

As empresas participantes do estande de comercialização são: Trip Linhas Aéreas, Air Minas, Copa Airlines, American Airlines, Ubatã Thermas, Resort Águas do Treme, Ferrovia Centro Atlântica, Jornal Turismo de Minas, Ouro Minas Hotéis, Cambuí Adventure, Desvendar.com, Master receptivo, Primotur, Projeto Minas, Turismo, Safari Turismo, Trilhas de Minas, Triangulo Receptivo, Ver Gerais, Arm, Turismo, Verdeperto, MGM e Navegantes.

Estande Expositivo

Em estande expositivo, composto por sete salas temáticas, representando uma mostra do Projeto Espaço Minas Gerais Itinerante, a Setur fará uma exposição das riquezas do Estado. Os profissionais do setor serão convidados a fazer uma imersão pelo Estado através das sete salas temáticas: Belo Horizonte, Gemas e Jóias, Negócios, Natureza, Cultura, Artesanato, e também a sala Estrada Real, que abriga as Cidades Históricas e o Barroco Mineiro.

Fonte: Secretaria de Turismo de Minas Gerais

  
  

Publicado por em