Congresso de Turismo Social discute desenvolvimento e diversidade

O evento é promovido pela Organização Internacional do Turismo Social (OITS) e é a primeira vez que está sendo realizado na América Latina

  
  

Turismo de Desenvolvimento: Unidade na diversidade, com este tema foi aberto, na manhã da quinta-feira (8/10), em São Paulo, o Congresso Mundial de Turismo Social.

O evento é promovido pela Organização Internacional do Turismo Social (OITS) e é a primeira vez que está sendo realizado na América Latina.

O ministro do Turismo, Vinicius Lages, participou da abertura do encontro e falou da importância do turismo como um vetor de desenvolvimento para o País.

Lages afirmou que o setor do turismo pode tornar o Brasil cada vez mais conhecido, e um exemplo disso foi o que ocorreu na Copa do Mundo, quando o país esteve em evidência e mostrou seu potencial receptivo Segundo ele o turismo é uma força transformadora de uma importância muito grande.

O ministro do Turismo disse ainda que o turismo social é uma forma de turismo consciente e sustentável. Frisou que o MTur desenvolve algumas atividades que contribuem com a inclusão no setor, como é o caso do Viaja Mais Melhor Idade, Turismo Comunitário e o Passaporte Verde.

“Estamos de olho nas oportunidades que estão surgindo e esse segmento é um dos objetos de minha atenção”, concluiu Lages.

A Organização Mundial do Turismo (OMT) acredita que o setor continuará crescendo nos próximos anos.

Segundo o diretor executivo de Programa Operacionais e Relações Institucionais da (OMT), Márcio Favilla, o turismo cresceu 4,5% nos primeiros seis meses deste ano, comparado com o mesmo período do ano passado. São 22 milhões de turistas a mais, de acordo com ele.

A organização acredita que o crescimento se manterá nos próximos três anos, e que o turismo social terá força para auxiliar a expandir as fronteiras do turismo aos menos favorecidos.

O congresso reúne participantes de pelo menos 20 países e segue ainda nesta sexta-feira (10/10), proporcionando a discussão a respeito do turismo como agente no desenvolvimento social.

O presidente da OITS, Jean-Marc Mignon disse que o principal objetivo da OITS é ampliar o acesso de todos os cidadãos ao turismo, independentemente de sua classe social.

“Queremos que os governantes de todo mundo ouçam nossos anseios e nos deem mais ferramentas para o desenvolvimento do turismo social no Brasil e no Exterior”, completou.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em