Cuiabá sediará o 35º Congresso Brasileiro de Guias de Turismo

Os guias de turismo desempenham papel estratégico para o desenvolvimento do turismo nacional. São eles os principais responsáveis por criar uma boa imagem do país

  
  

A importância da sustentabilidade na atuação do guia de turismo será o tema central do 35º Congresso Brasileiro de Guias de Turismo, no Centro de Eventos Pantanal, em Cuiabá, que acontece de 3 a 7 de junho.

O evento reúne profissionais, estudantes, pesquisadores, gestores, empresários e empresas públicas e privadas ligadas direta ou indiretamente ao setor.

Na ocasião, o Ministério do Turismo (MTur) apresentará o Guia Turismo Acessível, um site colaborativo que reúne centenas de avaliações de hotéis, restaurantes, parques e pontos turísticos relacionados à acessibilidade.

No estande do MTur também haverá a distribuição de materiais promocionais, como a revista Partiu Brasil, que divulga destinos nacionais, e a orientação técnica para guias interessados em se cadastrar ou renovar suas inscrições no Cadastur.

Representam o MTur no evento o diretor do Departamento de Produtos e Destinos, Wilken Souto, e o analista técnico da Coordenação-Geral de Competitividade e Inovação, Ricardo Tambosi.

Os guias de turismo desempenham papel estratégico para o desenvolvimento do turismo nacional. São eles os principais responsáveis por criar uma boa imagem do país.

“O Guia de Turismo precisa estar preparado para atender bem as pessoas com deficiência, assim como para disseminar boas práticas de consumo sustentável. O congresso possibilitará a discussão sobre esses dois temas”, diz Wilken.

O Brasil tem atualmente 12.761 guias de turismo cadastrados no sistema nacional do Ministério do Turismo, o Cadastur. Entre os estados com maior número de guias cadastrados estão Rio de Janeiro (4.655) e São Paulo (1.810). Para atuar de forma regular, o guia precisa cadastrar-se no MTur, conforme exigência da Lei nº8.623, de 1993.

A presidente da Federação Nacional de Guias de Turismo, Irma Karla Barbosa afirma que o evento tem a função de qualificar e integrar os guias de todo o país, além de divulgar destinos.

“À medida que cada congresso é feito em um estado, estamos divulgando o que aquela localidade tem de bom para os turistas”, afirma. Na quarta-feira, 3 de junho, haverá o credenciamento e a solenidade de abertura. Na quinta-feira, dia 4, e na sexta, dia 5, acontecem palestras e workshops, de acordo com a programação.

No fim de semana serão feitas visitas técnicas aos municípios de Chapada dos Guimarães, Pantanal, Nobres e Jaciara. O evento é realizado pela Federação Nacional dos Guias de Turismo e pelo Sindicato dos Guias de Turismo de Mato Grosso.

Visite: www.revistaecotour.tur.br

Fonte: MTur / Carolina Valadares

  
  

Publicado por em