Das mãos do artista

Os espaços Saber Fazer e o Vivências estão entre os mais aguardados pelo público, no Salão do Turismo, que começa quarta-feira, em São Paulo

  
  
Peça de Mestre Santana que será entregue aos premiados nos casos de sucesso do Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasi

Nas mãos ágeis, a fibra seca ganha utilidade, a madeira recebe formas e até mesmo um osso retirado da cabeça de um peixe emociona, quando transformado em imagem sacra. Diferentes peças nascidas da criatividade de artesãos de todo país que, a partir desta quarta-feira (13), poderão ser conferidas no 6º Salão do Turismo – Roteiros do Brasil.

O Espaço Vivências está entre as programações mais aguardadas, justamente por contar com a presença de artistas de todo o Brasil, apresentando as peculiaridades dos artesanatos de cada região. Quem for ao 6º Salão do Turismo terá também a possibilidade de conferir de perto o processo de criação dos artesãos no Espaço Saber Fazer. Lá, eles transformarão, ao vivo, as matérias-primas em artesanato. Como o trabalho em miniaturas esculpidas em madeira de Imburana, espécie típica do Rio Grande do Norte e que é usada pelo mestre Santana.

Aos 47 anos, sendo 13 dedicados ao ofício artístico, Mestre Santana tem trabalhos que vão de peças sacras até figuras do imaginário e folclore do RN. É ele o autor dos troféus que serão entregues durante o salão aos premiados nos casos de sucesso do Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil.

Mãos na massa
Além de observarem, os visitantes também poderão criar suas próprias peças em oficinas ministradas pelos artistas convidados, no Espaço Vivências. Uma oportunidade de executar trabalhos como os oratórios de Nossa Senhora da Conceição, típicos de Angra dos Reis e cada vez mais raros.

A artesã Vera Lúcia exibirá um vídeo sobre a extração do osso do peixe cavala, que é a matéria-prima da produção da imagem de Nossa Senhora da Conceição. Vera Lúcia tem, há uma década, trabalhado para resgatar a técnica. “Eles poderão ver todo o processo e aprenderão a fazer o oratório em que a imagem é fixada. Usaremos fibra de bananeira, papelão e impermeabilizante”, explica.

Lojas de Artesanato
E quem quiser levar um pouquinho de toda essa experiência ainda poderá passar nas lojas de artesanato que estarão montadas no Anhembi. O espaço é coordenado em parceria com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e, nele, o visitante poderá comprar peças típicas de cada estado.

Confira aqui toda programação dos espaços Saber Fazer e Vivências do 6º Salão do Turismo – Roteiros do Brasil.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em