Desoneração na agenda do Conotel

Desoneração, conquista e articulação. Foram estas as palavras presentes na solenidade de abertura do 54º Congresso Nacional de Hotéis (Conotel), em São Paulo

  
  
Valdir Simão: esforços do MTur e da iniciativa privada em defesa da hotelaria

Desoneração, conquista e articulação. Foram estas as palavras presentes na solenidade de abertura do 54º Congresso Nacional de Hotéis (Conotel), em São Paulo. O secretário executivo do Ministério do Turismo, Valdir Simão, e os representantes das quatro principais entidades do setor ressaltaram a importância da inclusão da hotelaria no Plano Brasil Maior e do esforço conjunto que proporcionou este resultado positivo para o turismo nacional.

“Conseguimos obter uma grande vitória em prol do ambiente de negócios no país, aproximando a máquina pública das entidades que empreenderam um esforço incansável em defesa da hotelaria”, disse Valdir Simão. Ele manifestou otimismo com o cenário que vem se desenhando para a Copa do Mundo da FIFA 2014. Disse que o turismo está na agenda do governo federal e lembrou que a presidenta da República, Dilma Rousseff, lançou em Londres, nesta semana, a campanha de promoção do Brasil no exterior.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Enrico Fermi, homenageou o secretário executivo e sua equipe “em reconhecimento ao empenho” na agenda da desoneração. Segundo ele, a partir do trabalho do ministro do Turismo, Gastão Vieira, e da presidenta da República, “as portas do ministério foram abertas para o setor. Estamos conseguindo avançar para tornar a hotelaria brasileira mais competitiva”. Fermi afirmou que, após conseguir a desoneração da folha de pagamento, a hotelaria articula com o MTur e o Ministério de Minas e Energia medidas para a diminuição de custos na conta de energia elétrica.

O trabalho conjunto entre o MTur e as entidades na busca da desoneração da cadeia produtiva e também nas ações de qualificação profissional são exemplos a serem seguidos, na opinião do presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Alexandre Sampaio. Ele destacou a “percepção prática”, voltada para resultados, que culminou na inclusão da hotelaria no plano governamental de estímulo à indústria nacional.

Sobre este avanço, o presidente da Associação Brasileira de Resorts, Dilson Jatahy Fonseca, foi direto. “Um marco imensurável, um fato inédito”, disse. Segundo Fonseca, a desoneração da folha de pagamento é um incentivo para o segmento de resorts, pois vai facilitar a contratação de mão de obra, propiciar a geração de divisas e melhorar a qualidade do atendimento ao turista.

Para o presidente do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), Roberto Rotter, com a atual crise econômica internacional “o Brasil é visto com uma excelente opção para investimentos”. Ele defendeu a articulação entre as entidades como condição básica para se avançar ainda mais na agenda da desoneração tributária.

A solenidade de abertura foi realizada na sede da Fecomércio. O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, esteve no local para cumprimentar os organizadores pouco antes do início do evento. O Conotel prossegue até o próximo sábado (28), com a realização de sessões plenárias sobre temas relacionados ao desenvolvimento da indústria hoteleira.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em